Seguidores

quarta-feira, 30 de março de 2011

VIVER OU JUNTAR DINHEIRO?

Photobucket



Somos produtos de nossas escolhas, disso não tenho a
menos dúvida, por este motivo achei tão interessante este
texto que postarei abaixo:


 
"Há determinadas mensagens que, de tão interessante, não precisam nem sequer de comentários. Como esta que recebi recentemente.
Li em uma revista um artigo no qual jovens executivos davam receitas simples e práticas para qualquer um ficar rico. Aprendi, por exemplo, que se tivesse
simplesmente deixado de tomar um cafezinho por dia, nos últimos quarenta anos, teria economizado 30mil reais. Se tivesse deixado de comer uma pizza por mês, 12 mil reais.
E assim por diante.
Impressionado, peguei um papel e comecei a fazer contas. Para minha surpresa, descobri que hoje poderia estar milionário. Bastaria não ter tomado os drinks que tomei, não ter feito muitas viagens que fiz, não ter comprado algumas das roupas que comprei.
Principalmente, não ter desperdiçado meu dinheiro em itens supérfluos e descartáveis.
Ao concluir os cálculos, percebi que hoje poderia ter quase 500 mil reais na minha conta bancária. É claro que não tenho este dinheiro.
Mas, se tivesse, sabe o que este dinheiro me permitiria fazer?
Viajar, comprar roupas, me esbaldar em itens supérfluos e descartáveis, comer todas as pizzas que quisesse e tomar cafezinhos à vontade. 

Por isso, me sinto muito feliz em ser pobre. Gastei meu dinheiro por prazer e com prazer. E recomendo aos jovens e brilhantes executivos que façam a mesma coisa que fiz. Caso contrário, chegarão aos 61 anos com uma montanha de dinheiro, mas sem ter vivido a vida".


(MAX GEHRINGER)  
"Não eduque seu filho para ser rico, eduque-o para ser feliz. Assim ele saberá o VALOR das coisas e não o seu PREÇO"


Que tal um cafezinho?


  

segunda-feira, 28 de março de 2011

Maturidade para amar!!!


Sou daquelas que acreditam que o amor tem a capacidade de curar quase todos os nossos males. Depois de ter vivido um grande amor as pessoas nunca mais são as mesmas que eram antes. Porém, se entregar a um amor por pura carência afetiva, obedecendo apenas a um impulso incontrolável de de viver este amor custe o que custar, as consequências nem sempre são muito positivas...
O ideal para se viver um grande amor é aprender a amar, primeiramente a si mesmo. E para que isto aconteça é preciso maturidade. Por este motivo escolhi este texto abaixo do Padre Fabio de Melo. São palavras muito sábias para uma profunda relexão sobre a nossa capacidade de amar o outro.

"Você tem condições para perceber a sua maturidade. É só observar se você é obediente mesmo quando não há pessoas ao seu redor. 
Você não precisa que ninguém te observe, pois você já viu aquilo como um valor. Pessoas imaturas sofrem dobrado.
Pessoas imaturas querem modificar os fatos, pessoas maduras deixam que os fatos os modifiquem. 
A maturidade nos faz perceber que não podemos mudar os fatos. Um imaturo ganha um limão e o chupa fazendo careta. O maduro faz uma limonada com o limão que ganhou. 
Muitas vezes os nossos relacionamentos de amizade são uns fracassos porque somos imaturos. Amigos não são o que imaginamos, mas o que eles são e com todos os defeitos.

Amizade é processo de maturidade que nos leva ao verdadeiro encontro com as pessoas que estão ao nosso lado. Elas têm todos os defeitos, mas fazem parte da nossa vida e não a trocamos por nada deste mundo. 
Isso porque temos alma de cristão e aquele que tem alma de cristão não tem medo dos defeitos dos outros, porque sabe que aqueles defeitos não serão espelhos para nós, mas seremos um instrumento de Deus para ele superar esse defeito. Se você não consegue lidar com os limites dos outros, é porque você não consegue lidar com os seus limites. 

Como está a nossa capacidade de amar? Uma coisa é amar por necessidade e outra é amar por valor. Amar por necessidade é querer sempre que o outro seja o que você quer.
Amar por valor é amar o outro como ele é, quando ele não tem mais nada a oferecer, quando ele é um inútil e por isso você o ama tanto. Na hora que forem embora as suas utilidade, você vai saber o quanto é amado.
Tudo vai ser perdido, só espero que você não se perca. Enquanto você não se perder de si mesmo você será amado, pois o que você é significa muito mais do que você faz.
O convite da vida cristã é esse: que você possa ser mais do que você faz!"
Padre Fábio de Melo



Tenham todos uma semana
fantástica, repleta de
grandes realizações!


domingo, 27 de março de 2011

Pessoas interessantes tem falhas



Uma das coisas que fascinam na cidade de San Francisco é ela estar
localizada sobre a falha de San Andreas, que provoca pequenos abalos
sísmicos de vez em quando e grandes terremotos de tempos em tempos.


Você está muito faceiro caminhando pela cidade, e de uma hora para
outra pode perder o chão, ver tudo sair do lugar, ficar tontinho,
tontinho.




É pouco provável que vá acontecer justo quando você estiver lá, mas
existe a possibilidade, e isso amedronta, mas, ao mesmo tempo excita,
vai dizer que não?


Assim também são as pessoas interessantes: TÊM FALHAS.


Pessoas perfeitas são como Viena, uma cidade linda, limpa, onde tudo
funciona e você quase morre de tédio.


Pessoas, como cidades, não precisam ser excessivamente bonitas.


É fundamental que tenham sinais de expressão no rosto, um nariz com
personalidade, um vinco na testa que as caracterize. Pessoas, como
cidades, precisam ser limpas, mas, não ao ponto de não possuírem
máculas.


É preciso suar na hora do cansaço, é preciso ter um cheiro próprio,
uma camiseta velha para dormir, um jeans quase transparente de tanto
que foi usado, um batom que escapou dos lábios depois de um beijo, um
rímel que borrou um pouquinho quando você chorou.


Pessoas, como cidades, têm que funcionar, mas não podem ser previsíveis.


DE VEZ EM QUANDO, sem abusar muito da licença, devem ser INSENSATAS,
ligeiramente PASSIONAIS, demonstrar um CERTO DESATINO, ir contra
alguns prognósticos, COMETER ERROS de julgamento e pedir desculpas
depois, PEDIR DESCULPAS SEMPRE, para poder ter crédito e errar outra
vez.


Pessoas, como cidades, devem dar vontade de visitar, devem satisfazer
nossa necessidade de viver momentos sublimes, devem ser calorosas, ser
generosas e abrir suas portas, devem nos fazer querer voltar, porém
não devem nos deixar 100% seguros, nunca.


Uma pequena dose de apreensão e cuidado devem provocar.


Nunca deve-se deixar os outros esquecerem que pessoas, assim como
cidades, têm RACHADURAS INTERNAS, portanto podem surpreender.


Falhas... Agradeça as suas, que é o que HUMANIZA você, e nos FASCINA.


Tenham um excelente final de domingo e
uma semana espetacular!!!


sexta-feira, 25 de março de 2011

SÓ PRA DESCONTRAIR....


Uma mulher está na cama com o amante quando ouve o marido chegar. 
Vai logo recomendando ao amante: 
- Depressa, fique em pé ali no canto. 


Rapidamente, ela cobre o corpo do amante com óleo e sapeca talco por cima, acrescentando: 


- Não se mexa até eu mandar. 


Finja que é uma estátua . 
Eu vi uma igualzinha na casa dos Almeida ! 


Nisso, o marido entra e pergunta : 


- O que é isto? 


Ela, fingindo naturalidade: 


- Isso ? Ah, é só uma estátua. 
Os Almeida botaram uma no quarto deles. 
Gostei tanto que comprei esta igual para nós ! 


E não se falou mais da estátua. 

Às duas da madrugada, a mulher já está dormindo e o marido ainda vendo televisão. 

De repente, o marido se  levanta caminha até a cozinha, prepara um sanduíche,
pega uma latinha de cerveja e vai para o quarto. 
Ali, se dirige para a estátua e diz: 

- Toma ! Come e bebe alguma coisa, seu filho da ...! 
Eu fiquei dois dias, que nem um idiota, no quarto dos Almeida,
e nem um copo de água me ofereceram. 

Isto se chama 
"Solidariedade Masculina"!


Photobucket



UMA NOITE DE MUITO AGITO!!!!


quinta-feira, 24 de março de 2011

VOCÊ TEM MEDO DE MUDANÇAS?


Minha amiga Bruna Longobucco, do blog Feitiço Literáriol - http://feiticoliterariol.blogspot.com,  me enviou esta mensagem sensacional da Lya Luft, e estou postando aqui pra vocês. Não só para vocês mas para mim também, porque estou precisando fazer algumas mudanças e estou sem coragem...A carapuça serviu direitinho!
Vamos ao texto:


A Idade e a mudança

- Lya Luft -



"Mês passado participei de um evento sobre as mulheres no mundo contemporâneo.
  
  Era um bate-papo com uma platéia composta de umas 250 mulheres  de todas as raças, credos e idades.
E por falar em idade, lá pelas tantas, fui questionada sobre a minha e, como não me envergonho dela, respondi.
  
  Foi um momento inesquecível...  A platéia inteira fez um 'oooohh' de descrédito.
  
  Aí fiquei pensando: 'pô, estou neste auditório
há quase uma hora exibindo minha inteligência,
e a única coisa que provocou uma reação calorosa da mulherada foi o fato de eu não aparentar a idade que tenho?
Onde é que nós estamos?'

Onde, não sei, mas estamos correndo atrás de algo caquético chamado 'juventude eterna'.
Estão todos em busca da reversão do tempo.
  
    Acho ótimo, porque decrepitude também não é meu sonho de consumo, mas cirurgias estéticas não dão conta desse assunto sozinhas.
  
  Há um outro truque que faz com que continuemos a ser chamadas de senhoritas, mesmo em idade avançada.
A fonte da juventude chama-se 'mudança'.
 
De fato, quem é escravo da repetição está condenado
a virar cadáver antes da hora.
  
  A única maneira de ser idoso sem envelhecer
é não se opor a novos comportamentos, é ter disposição para guinadas.
  
  Eu pretendo morrer jovem aos 120 anos.
  
  Mudança, o que vem a ser tal coisa?
  
  Minha mãe recentemente mudou do apartamento enorme
em que morou a vida toda para um bem menorzinho.
  
  Teve que vender e doar mais da metade dos móveis e tranqueiras, que havia guardado e, mesmo tendo feito isso com certa dor, ao conquistar uma vida mais compacta e simplificada, rejuvenesceu.
  
  Uma amiga casada há 38 anos cansou das galinhagens
do marido e o mandou passear, sem temer ficar sozinha aos 65 anos.
  
  Rejuvenesceu.
 
Uma outra cansou da pauleira urbana e trocou
um baita emprego por um não tão bom,
só que em Florianópolis,
onde ela vai à praia sempre que tem sol.
  
  Rejuvenesceu.
 
Toda mudança cobra um alto preço emocional.
  
  Antes de se tomar uma decisão difícil, e durante a tomada,
chora-se muito, os questionamentos são inúmeros,
a vida se desestabiliza.
  
  Mas então chega o depois, a coisa feita,
e aí a recompensa fica escancarada na face.
 
Mudanças fazem milagres por nossos olhos,
e é no olhar que se percebe a tal juventude eterna.
  
  Um olhar opaco pode ser puxado e repuxado por um cirurgião a ponto de as rugas sumirem,
só que continuará opaco porque não existe plástica que resgate seu brilho.
  
  Quem dá brilho ao olhar é a vida que a gente optou por levar.
 
Olhe-se no espelho..."

Lya Luft


Tenha um dia encantador!!!

quarta-feira, 23 de março de 2011

É TEMPO DE VER O SOL! (Literalmente falando)...

Photobucket


Pra você que perdeu um amor e acha que a vida te tirou todas as chances de ser feliz, acredite, tudo tem seu tempo certo...Tem até tempo para ficar só. Isto é bom e necessário, pois, só assim teremos tempo para nós mesmos, para nos conhecermos melhor.

Fiquem agora com a bela reflexão de Gaefke sobre este assunto:


É tempo de ver o sol, ainda que seja noite,
pois sabemos "racionalmente", que o sol não sumiu,
apenas se escondeu para que a lua se exiba no céu.
Então, deixar-se aquecer pela certeza de que a felicidade não sumiu,
apenas deu um tempo para que a tristeza se exibisse,
mostrasse para você que o melhor de tudo é ser feliz,
e que se perdeu um amor, não perdeu a capacidade de amar,
se perdeu um dente, a boca ainda está no lugar,
se perdeu um emprego, a experiência ainda está lá,
se perdeu um parente, outro ficou para cuidar,
se perdeu um sonho, esta noite foi feita para sonhar.
Não se perca de você, este sim, é difícil de achar.
O resto é manter a chama do amor acesa,
pois somos essencialmente feitos de amor,
tudo em nós é música suave, é poesia e calor,
nós é que nos escondemos, nos assustamos, esfriamos.
É tempo de acender tochas amorosas em nós mesmos,
espalhar o amor como semente generosa,
e confiar que no tempo certo, colheremos,
cestos e cestos de flores perfumadas,
perfume de muito valor,
o perfume do amor.
Eu acredito em você
Paulo Roberto Gaefke

Um excelente dia a todos vocês!


terça-feira, 22 de março de 2011

VOCÊ TEM MEDO DE QUE?


Tem pessoas que sofrem porque padecem de alguma doença, outras sofrem porque vivem na miséria, outras porque são vítimas de violência, enfim, pessoas que sofrem por vários motivos e de diversas maneiras. Umas sofrem caladas, outras bebem para amortecer a dor, e há aquelas que lutam para não sofrerem. São pessoas que não se acomodam, pois, estão em busca de soluções.
No entanto, creio que grande parte da humanidade sofre porque tem medo. Vivemos na era do medo, e parece que tudo em volta contribui para que esse medo aumente. Você liga a TV e uma boa parte da programação é voltada para notícias sensacionalistas,  sobre crimes, sequestros, assaltos, mortes, etc. Como se isso não bastasse, tem os programas populares que procuram dar uma pitada de tempero a mais no sofrimento alheio. Então você assiste e reforça ainda mais o seu medo. Tem gente que nem sequer sabe do que tem medo! E pensando sobre isto, achei uma matéria muito interessante sobre o medo. Vamos a ela:



"Você tem medo de quê?De dizer não para aquela pessoa querida mesmo sabendo que o sim significa problemas no futuro?

Você tem medo de quê?
De admitir que se enganou com uma pessoa, que errou na dose do sentimentalismo e fechou os olhos para a realidade que todos viam?
Aceitar que o fim de um relacionamento já chegou há muito tempo e você, só você insiste em manter as aparências?

Você tem medo de quê?
De alar para a família e os verdadeiros amigos o quanto os ama e, por isso, fica calado imaginando que todo mundo sabe disso?
De perder o emprego medíocre e, por isso, se submete a tirania de um local que você não se sente bem?

Você tem medo de quê?
De aceitar que seu atual estado é reflexo apenas dos seus atos, das suas atitudes, algumas vezes impensadas e feitas de pura ansiedade…
Você tem medo de quê?
De sair da capa de vítima e encarar de frente seus sonhos, suas necessidades e descobrir que pode realizá-los?
De questionar velhos conceitos e mudar tudo para viver melhor?
Você tem medo de quê?
De aceitar que Deus existe e que nos pede ação sempre, trabalho sempre, boa vontade sempre, perdão sempre, amor sempre.

Não tenha medo de ser feliz, arrisque-se, aventure-se.
Caiu? Levante-se.
Errou? Comece de novo.
Perdoe sempre.
Esqueça o que passou, construa o hoje, viva o hoje.
Ame-se sempre!".

Eu acredito em você!
Paulo Roberto Gaefke
ww.meuanjo.com.br


Você já alimentou seu medo hoje?
Deixa ele morrer de fome!!!

Beijos carinhosos!


domingo, 20 de março de 2011

Feijões ou Problemas


Reza a lenda que um monge, próximo de se aposentar, precisava encontrar um sucessor.
Entre seus discípulos, dois já haviam dado mostras de que eram os mais aptos, mas apenas
um poderia sucedê-lo. Para sanar as dúvidas, o mestre lançou um desafio, para colocar a
sabedoria dos dois à prova: ambos receberiam alguns grãos de feijão que deveriam colocar
dentro dos sapatos, para então empreender a subida de uma grande montanha.


Dia e hora marcados, começa a prova.
Nos primeiros quilômetros, um dos discípulos começou a mancar.
No meio da subida, parou e tirou os sapatos.
As bolhas em seus pés já sangravam, causando imensa dor.
Ficou para trás, observando seu oponente sumir de vista.
Prova encerrada, todos de volta ao pé da montanha, para ouvir do monge o óbvio
anúncio.
Após o festejo, o derrotado aproxima-se e pergunta como é que ele havia conseguido
subir e descer com os feijões nos sapatos:


- Antes de colocá-los no sapato, eu os cozinhei - foi a resposta.


Carregando feijões ou problemas, há sempre um jeito mais fácil de levar a vida.


Problemas são inevitáveis. Já a duração do sofrimento é você quem determina.


                              APRENDA A COZINHAR SEUS FEIJÕES!


Tenham todos uma ótima semana!!!!

sexta-feira, 18 de março de 2011

O DOCE VENENO DA SATISFAÇÃO!!!


Não vi o filme da Bruna Surfistinha, mas li os comentários dos críticos e de algumas amigas que foram assistir. Mesmo assim, fica difícil fazer um juízo de valor. Mas, lendo a matéria de Arnaldo Jabor, sobre o assunto, fico imaginando se filmes como este não seria uma apologia à prostituição...
Creio que na época contemporânea muitas coisas mudaram como diz Jabor, e uma delas, se compararmos com o passado, são as causas que levam uma mulher a se prostituir. Antes, com a tabu da virgindade, os motivos giravam em torno disto. A garota era expulsa de casa por estar grávida, ou então era abandonada pelo rapaz depois do ato sexual. Isto era um crime inafiançável no seio de famílias tradicionais e ignorantes.  Hoje que este tabu não existe mais, os motivos, na minha opinião, são três basicamente: GANÂNCIA, PREGUIÇA E PERMISSIVIDADE. Eu diria que este é o tripé em torno do qual giram outros motivos secundários.
Hoje, para um grande número de pessoas, o dinheiro fala mais alto que qualquer princípio moral, e muitas famílias, ao invés de expulsarem suas filhas “defloradas”, dão a elas um pequeno "empurrãozinho" em troca de um maior conforto no lar. Tudo é permitido, desde que renda algum lucro para o bem comum...Nas novelas, nas crônicas e nos filmes, as prostitutas viram heroínas com direito a um final feliz! Tudo é normal, desde que muito bem justificado $$$$.
Outro aspecto que mudou é que a prostituição não gira mais somente em torno do universo feminino. Os homens também aderiram à prática, com muito mais intensidade, visto que são mais livres de preconceitos, e a libido masculina é totalmente desligada da área sentimental. Sem contar com o fato de que, a grande maioria deles, “prestam seus serviços” aos dois gêneros sem qualquer preocupação!  
Quanto às pessoas (clientes) que procuram estes favores remunerados, as diferenças com as épocas passadas tornam-se ainda maiores. Antes, era inconcebível uma mulher pagar por um garoto de programa. Hoje algumas fazem isto com a maior tranquilidade!  Mas para descrever melhor essa comparação dos que pagam pela satisfação sexual, nada melhor que transcrever um trecho da crônica do Jabor:

“Antigamente, ia-se ao bordel em busca de ilusões. O homem queria se sentir um sultão no harém. O putanheiro era o "sujeito" do lupanar. Hoje, ele é o "objeto". Há um vento gelado nos bordéis atuais - limpos, rápidos e eficientes como uma lanchonete. Há algo de enfermeira ou psicóloga na moderna "cocote". Há algo de McDonald"s nos puteiros de hoje”.

Hoje inclusive, a palavra prostituta, é metaforizada por “acompanhante” ou então “modelo”... E como diz o Jabor: “Esse papo da Pretty Woman já era; elas não sonham com algum babaca romântico que lhes dê a mão; muitas são até bem casadas e ajudam os maridos”. 
É a era do “pode tudo”, permitida pela inversão dos valores morais da sociedade em que vivemos. Evolução dos tempos! E prossegue Jabor:


“Trata-se de um teatro a dois, onde as gargalhadas, os gozos fingidos escondem o drama, a dor, a realidade. Os putanheiros não querem saber da realidade. Assim, escondem de si mesmos o constrangimento da situação, com mentiras consentidas, como se fosse possível o encontro feliz entre classes sociais. Para eles, a prostituta é uma utopia, a prostituta é o socialismo”.

O assunto é polemico e pode gerar páginas e mais páginas de discussões. Minha intenção não é julgar o certo e o errado, pois, como disse a Debora Seco em entrevista sobre o filme, depois que ela mergulhou no personagem e conheceu de perto esse comércio dos prazeres, ela jamais se permitirá julgar alguém que seja. E ela disse uma frase que ficou ecoando em minha mente:

As pessoas são o que são não porque querem, mas porque não conseguem ser de outro jeito”

Quem quiser ler a matéria do Arnaldo Jabor na íntegra é só clicar no link abaixo:
http://domingoamigo.blogspot.com/2011/03/o-tema-de-hoje-e-proximos-30-dias-no.html - O DOCE VENENO DO PECADO -Arnaldo Jabor - O Estado de S.Paulo. 



Beijos carinhosos e
um doce final de
semana!!!

quinta-feira, 17 de março de 2011

QUAL O LOBO QUE VOCÊ ALIMENTA?


Há uma história, contada por uma tribo de índios Navajo que era transmitida dos mais velhos para os mais jovens. Assim sendo:

"Um velho na tribo disse ao seu neto:
'Às vezes tenho a impressão que dentro de mim existe uma briga entre dois lobos. Um dos lobos é mau. É o lobo da raiva, da inveja, da preocupação, da reclamação, da ganância, da arrogância, da auto-piedade, da culpa, da sensação de inferioridade ou superioridade; do medo da cura de meu corpo e da alma, do sucesso, de não saber aceitar a verdade do próximo. O outro lobo é bom. É o lobo da alegria, da paz, do amor, da esperança, da tranqüilidade, humildade, bondade e compaixão.'
Depois de pensar um pouco sobre as palavras do avô, o menino perguntou:
'Me diga, vovô, qual dos dois lobos vai vencer?'
E o avô respondeu: ' O lobo que eu decidir alimentar'. "

E como é fácil a pessoa alimentar o  seu lado mais perverso, mais monstruoso e, porque não, mais "confortável"! Basta seguir os instintos mais primitivos do ego: Se entregar à preguiça, insistir em enxergar somente o lado racional das coisas, procurar justificativas para a falta de responsabilidade, da moral e dos bons costumes. Fugir de todos os problemas usando como válvula de escape a bebida, a droga, o sexo,etc. Ter como meta prinicipal de vida ser feliz "a qualquer custo". Procurar valer seus direitos sem se preocupar com os deveres. Estes são alguns dos passos principais para continuar a alimentar o lobo errado.

E não é preciso ser mago para advinhar qual é a proporção da humanidade que alimenta o lobo selvagem, basta olhar em volta e constatar o mundo de caos em que estamos vivendo: pai/mãe matam filhos, filhos matam pai/mãe, marido mata esposa ou vice-versa, corrupções de todos os tipos e em todas a áreas. Há um predomínio no modo de pensar dessas pessoas que giram em torno de "tirar o máximo proveito" de tudo e de todos, inclusive na área da política. Quantos animais selvagens travestidos de "homens civilizados"!!!
Aí então surgem os ativistas sociais, com algumas excessões é claro, com suas falsas ideologias fazendo propagandas baratas de si e de "um mundo melhor".(tenha-se em mente: falsas ideologias/falsas bandeiras ideológicas resultam em um mundo melhor repleto de farsas). Líderes políticos que "compram a confiança do povo", com frases de efeito e algumas medidas populistas que nada mais são que "vitrine" de um governo corrupto e incompetente. Esse tipo de político não alimenta mais o lobo selvagem, pois, já se tornou um deles!
E o pior de tudo é que certas pessoas, incautas e mal intencionada votam nesse tipo de político, alimentando ainda mais o lobo selvagem que vive nele.

Não precisamos de falsas bandeiras ideológicas, falsas promessas, falsos moralismos ou pensamentos bonitinhos de simplicidade das coisas ou amor ao próximo. Precisamos de HUMANOS e, óbvio, PRÁTICAS HUMANAS. Precisamos de pessoas que SEJAM aquilo que  propagam. Que dêem  exemplos com AÇÕES e não com PALAVRAS  fantasiadas de  ideologias baratas que eles defendem.
SE VOCÊ ALIMENTA O LOBO SELVAGEM QUE EXISTE NO OUTRO, CONSEQUENTEMENTE ESTARÁ ALIMENTANDO O LOBO ERRADO DE SI PRÓPRIO. Faça a sua parte: SEJA você próprio aquilo que gostaria que o outro fosse, e consequentemente APLIQUE-SE, como um primeiro passo em busca de um mundo melhor!

E então, você já alimentou
o seu lobo hoje?



terça-feira, 15 de março de 2011

SERIAM AS DIGITAIS DO DEDO DE DEUS?




Interessante e instigante, mas para mim toda a
criação de Deus  deve ter a sua marca...
Um excelente dia!

domingo, 13 de março de 2011

SÓ POR HOJE EU DECIDI...



Dizem que “você é o que você pensa que é”. Tudo me leva a crer que isto é uma verdade. Se não fosse assim , como se explicaria o fato de, cada pessoa, reagir de maneira tão distinta diante de determinados acontecimentos? Um mesmo acontecimento, ocorrido num mesmo momento para um grupo de pessoas, vai desencadear reações diferentes em cada uma delas. Por isso, acredito que o problema não está no acontecimento em si, mas sim, em "como" cada um reage a ele.

Tem pessoas que ao avistarem um lírio no meio do lodo, não conseguem enxergar a beleza da flor, porque seus olhos só avistam o lodo. Outras, pelo contrário, apesar de todo o lodo, conseguem visualizar o esplendor do lírio, e dizem: - Vejam que lindo lírio no meio do lodo!  E as outras respondem: - É bonito sim, mas, quanto lodo!!!! Estas, não sabem ainda que, a razão de ser do lírio, está no lodo!  Eis aí um dos segredos para  encontrar a felicidade : É só  decidir qual dos dois  queremos enxergar, o lodo escuro e pegajoso, ou o lírio com toda sua pureza e formosura?

Hoje ao acordar, eu decidi que, “só por hoje”, vou procurar enxergar apenas o lírio no meio de tanto lodo.

“Só por hoje” vou saborear a minha comida, mastigando lentamente para sentir o seu sabor, ao invés de engoli-la automaticamente.

“Só por hoje” vou dar valor a tudo o que me cerca e viver cada minuto como se fosse o último, pois estou ciente de que tudo pode acabar em questão de minutos, como aconteceu agora no Japão.
 
“Só por hoje” vou dar mais valor a minha família, dispensando a eles uma boa parte do tempo que gasto na frente da TV ou do PC, com jogos, filmes ou outras distrações menos importantes.

“Só por hoje” decidi equilibrar os direitos e deveres, distrações e fugas, fantasias e realidades, inércia e ação, razão e emoção, e principalmente egoísmo e altruísmo.

Por este motivo decidi encontrar um tempo para escrever e dividir esta mensagem com todos vocês, já que “o privilégio e mais de quem dá do que de quem recebe”!!!

Espero ter contribuído para que, você que está lendo esta mensagem, tenha um domingo maravilhoso, de muita paz, harmonia e decisões positivas para sua vida!



sexta-feira, 11 de março de 2011

UM ASNO NA SALA DE AULA


No Curso de Medicina, o professor se dirige ao aluno e pergunta: 
- Quantos rins nós temos? 
- Quatro! Responde o aluno. 
- Quatro? Replica o professor, arrogante, daqueles que sentem prazer em tripudiar sobre os erros dos alunos. 
- Tragam um feixe de capim, pois temos um asno na sala. Ordena o professor a seu auxiliar. 
- E para mim um cafezinho! Replicou o aluno ao auxiliar do mestre. 
O professor ficou irado e expulsou o aluno da sala. O aluno era Aparício Torelly Aporelly (1895-1971), o 'Barão de Itararé'. Ao sair da sala, o aluno ainda teve a audácia de corrigir o furioso mestre: 
- O senhor me perguntou quantos rins 'NÓS TEMOS'. 'NÓS' temos quatro: dois meus e dois seus. 'NÓS' é uma expressão usada para o plural.Tenha um bom apetite e delicie-se com o capim. 
Moral da História:


A VIDA EXIGE MUITO MAIS COMPREENSÃO DO QUE CONHECIMENTO.


Às vezes as pessoas, por terem um pouco a mais de conhecimento ou acreditarem que o tem, se acham no direito de subestimar os outros...


E haja capim!!!




'Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível e de repente você estará fazendo o impossível'. (São Francisco de Assis)


Beijos e até amanhã!

BORA BEBER???


SÓ PRA DESCONTRAIR...Afinal ninguém é de ferro né???


Sabia que…

… tomar água na hora correta maximiza os cuidados com o corpo?

2 copos de água depois de acordar ajuda a ativar os órgãos internos.

1 copo de água 30 minutos antes de comer ajuda na digestão.

1 copo de água antes de tomar banho ajuda a baixar a pressão sanguínea.

1 copo de água antes de ir  dormir evita ataques do coração.



Horários corretos para tomar Cerveja

De segunda a sexta a partir da 18:00 até aguentar.

SábadosDomingos e Feriados a partir das 10:00 hs até cair.

ENTÃO TÁ NA HORA...HOJE É SEXTA-FEIRA


BORA PESSOAL. TÃO ESPERANDO O QUE???


Beijos!!!

CONSELHO CHINÊS!

Bom dia queridos e queridas!
Dizem que a sabedoria chinesa é infalível, então segue abaixo um conselho que eu considero muito razoável.Mesmo porque a (pre)ocupação, como explica o prefixo "pre", indica que nos ocupamos de algo que ainda não aconteceu...Assim sendo, sofremos por antecedência!

CONSELHO CHINÊS
Há apenas duas coisas com que você deve se preocupar: se você está bem ou se está doente. Se você está bem, não há nada com que se preocupar. Se você está doente, há duas coisas com que se preocupar: se você vai se curar ou se vai morrer. Se você vai se curar, não há nada com que se preocupar. Se você vai morrer, há duas coisas com que se preocupar: se você vai para o céu ou para o inferno. Se vai para o céu, não há nada com que se preocupar. Agora, se você vai para o inferno, estará tão ocupado em cumprimentar velhos amigos que nem terá tempo de se preocupar.
Então, para que se preocupar???




Beijos e muita paz!

quinta-feira, 10 de março de 2011

SABE QUAL É A PALAVRA MAIS RICA DA LÍNGUA PORTUGUESA?



M E R D A
(Nem o Aurélio definiu tão bem)
A palavra mais rica da língua portuguesa é a palavra MERDA. 
Esta versátil palavra pode mesmo ser considerada um coringa da língua portuguesa.
  Vejam os exemplos a seguir:

1) Como indicação geográfica 1:

Onde fica essa MERDA?
2) Como indicação geográfica 2:
Vá a MERDA!
3) Como indicação geográfica 3:
17h30 - vou embora dessa MERDA.
4) Como substantivo qualificativo:
Você é um MERDA!
5) Como auxiliar quantitativo:
Trabalho pra caramba e não ganho MERDA nenhuma!
6) Como indicador de especialização profissional:
Ele só faz MERDA.
7) Como indicativo de MBA:
Ele faz muita MERDA.
8) Como sinônimo de covarde:
Seu MERDA!
9) Como questionamento dirigido:
Fez MERDA, né?
10) Como indicador visual:
Não se enxerga MERDA nenhuma!
11) Como elemento de indicação do caminho a ser percorrido:
Por  que você não vai a MERDA?
12) Como especulação de conhecimento e surpresa:
Que MERDA é essa?
13) Como constatação da situação financeira de um indivíduo:
Ele  está na MERDA...
14) Como indicador de ressentimento natalino:
Não ganhei MERDA nenhuma de presente!
15) Como indicador de admiração:
Puta MERDA!
16) Como indicador de rejeição:
Puta MERDA!
17) Como indicador de espécie:
O que esse MERDA pensa que é?
18) Como indicador de continuidade:
Tô na mesma MERDA de sempre.
19) Como indicador de desordem:
Tá tudo uma MERDA!
20) Como constatação científica dos resultados da alquimia:
Tudo o que ele toca vira MERDA!
21) Como resultado aplicativo:
Deu MERDA.
22) Como indicador de performance esportiva:
O Corintians não está jogando MERDA nenhuma!!!
23) Como constatação negativa:
Que MERDA!
24) Como classificação literária:
Êita textinho de MERDA!!!
25) Como qualificação de governo:
O governo só faz MERDA!
26) Como situação de 'orgulho/metidez' :
Ela se acha e não tem 'MERDA NENHUMA!'
27) Como indicativo de ocupação:
Para você ter lido até aqui, é sinal que não está fazendo MERDA nenhuma!


HAHAHAHA!!!!
Related Posts with Thumbnails

RECOMENDO COM LOUVOR