Seguidores

sábado, 12 de maio de 2012

À MINHA MÃE



Mãe,
Estive pensando em você. Há muito tempo que venho acumulando dívidas com você e é mais do que tempo de resgatá-las. 
Devo-lhe por muitas noites mal dormidas, quando eu estava em terras distantes, ou mesmo na minha juventude quando morava em outra cidade.
É imensa minha dívida para com você pelo seu trabalho de construção. Você não sabia que foi arquiteta e construtora, sabia? Você trabalhou muito para arquitetar nossas vidas  e construir nossas esperanças. Você se esgotou, cimentando a base da família com a argamassa do amor, da dedicação e da fidelidade. Você nos construiu uma fortaleza de segurança, confiabilidade, e praticamente todas as qualidades de que precisamos na vida para conviver de forma sadia e significativa com o próximo. Ainda tem minha dívida pelos seus serviços de dedicação acolhendo a minha filha, no momento em que mais precisei. 
Seu amor e perseverança foram fundamentais em minha vida. Não sei o que teria sido de mim sem a sua ajuda.
Eu sei que o pagamento dessa dívida está atrasado demais. O meu endividamento com você é imenso. Mas conhecendo seu amor e doação, sei que você colocaria um carimbo na fatura com a palavra “paga”, em troca de um beijo e de mais quatro palavras que também não tem preço: Mãe, eu amo você!


Um grande abraço a todas
as mães do mundo!!!


Photobucket
Related Posts with Thumbnails

RECOMENDO COM LOUVOR