Seguidores

domingo, 15 de novembro de 2009

A Alienação coletiva e a banalização do sagrado.




Hoje quero tratar aqui de uma assunto muito sério: A alienação coletiva e a banalização dos assuntos sagrados. É muito comum em círculos “esotéricos”, uma moda, ou uma determinada tendência de práticas de terapia mística que, desviam o essencial propósito do Caminho Evolutivo. Desde que o mundo existe, em todas as épocas de nossa existência, atuam “forças retrógradas” interessadas em aprisionar a mente humana, ainda imatura, com recursos pueris e atrativos, distraindo-a e conduzindo-a por um caminho que vai desaguar em absolutamente nada. Estas forças involutivas usam como escudo uma plataforma de aparência inócua, benfazeja e insuspeita, pelo menos no início, para mascarar as verdadeiras intenções, que não são outras senão o ganho financeiro em benefício próprio.
A prática do Reike, Shiatsu, Do-in, Reflexologia, Cromoterapia, entre outras, é realmente muito benéfica, e atuam como “suporte” para a solução de determinados problemas. Eu, pessoalmente, faço uso e aplico, algumas delas. Porém, gostaria de alertá-los que, pessoas inescrupulosas, sem qualquer princípio moral e Cristão, usam estas terapias, aplicando-as ou ministrando cursos para, supostamente, “despertar os chacras” rumo a uma Ascensão Espiritual. Isto é uma grande farsa! Jamais estas práticas levariam uma pessoa a despertar a consciência, rumo a uma Evolução Maior. O objetivo destas pessoas é unicamente usar estas eficientes terapias, como escudo para encobrir suas reas intenções: enriquecerem às custas da boa vontade, necessidade ou mesmo curiosidade de pessoas ingênuas.
O que me incentivou a escrever este artigo foi esclarecer e demarcar as fronteiras destas práticas terápicas ( em cujos domínios, conheço bons amigos e pessoas dotadas de ótimas intenções) deixando claro que, as mesmas, não constituem uma “Ciência Espiritual e Espiritualizante”, nem tampouco pertence a um dos nobres ramos das “Ciências Esotéricas”. Estejam cientes portanto que, as referidas terapias, não alinham os chacras, nem conduz à sua abertura. Não alinha os sete corpos (!!!), nem “limpa” todas as auras correspondentes. Também não promove o “milagre” da Evolução Espiritual, individual ou coletiva. E principalmente, não tem o poder de conectar ninguém com o seu “Eu Superior”. Se alguém estiver empenhado nestes objetivos, o caminho é outro, completamente diferente. No artigo que postarei a seguir, transcrevo uma parte de um texto de Isabel Nunes Governo, que esclarece sobre o Reiki como culto. Caso haja interesse por parte de alguém, sobre uma reflexão mais profunda sobre o tema, peço que entrem em contato comigo, via email, terei imenso prazer em atende-los.


Fiquem em paz,

Um abraço a todos.





Related Posts with Thumbnails

RECOMENDO COM LOUVOR