Seguidores

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

A MÃE DE TODOS OS MALES


INEXORÁVEL e ponto. Assim se cumpre o destino do planeta, selado em seus primórdios quando o fator humano pesou - ou deixou de pesar - na atribuição de valores. Não há outro caminho que cedo ou tarde não leve à destruição.
Como raça somos um fracasso. Quando se trata de desequilíbrio, mestres. E tudo por conta de uma simples, porém consisitente razão: não somos capazes de estender os ideais de vida criados para nós mesmos àqueles criados sob nossa semelhança. São tantos os abismos a ponto de encararmos, quase que com naturalidade, a imagem que ilustra este post. Já não nos acostumamos a isso?

A mãe do todos os males é a falta de sensibilidade. É ela quem cria abismos intransponíveis por conta da voracidade humana em fazer de sua passagem por este planeta um acúmulo desmensurado de riquezas e afeta, em última instância, toda a dinâmica comportamental da raça. Não é por outra razão que geramos imperadores incendiários, ditadores fascistas, governos corruptos, mafiosos, torturadores, assassinos profissionais e toda sorte de "ser humano" que enxerga, na desgraça alheia, o trampolim para seu próprio engrandecimento. Isso ocorre porque é assim mesmo, porque nunca se pensou de outra maneira ou se estabeleceu um sistema que valorizasse a comunhão.
Gosto muito daquela historinha que diz que um certo ser humano, algumas centenas de anos à nossa frente, teve a oportunidade de visitar um berçário em um planeta distante. Ficou impressionado ao ser levado a um espaço do tamanho do Maracanã em que havia milhares e milhares de bebes dispostos, todos calmamente dormindo em seus bercinhos. "Como funciona isso?", ele perguntou ao seu anfitrião. "Muito simples. Quando um bebe nasce, nós o recolhemos e o trazemos a esse local. Aqui recebem todo tipo de assistência e crescem felizes e saudáveis". "E como os pais fazem para saber quem são seus filhos?", o humano perguntou. "Não fazem. Aqui todos são seus filhos".

Nada mais a ser dito. 

Autor:  Andre Charak

Este texto pertence ao  Blog 
Da minha querida amiga Elsy Myrian Pantoja


Uma boa noite a todos!


quarta-feira, 29 de setembro de 2010

A SABEDORIA DE NAPOLEÃO


Dizem que Napoleão Bonaparte classificava seus soldados em quatro tipos:

1. os inteligentes com iniciativa;
2. os inteligentes sem iniciativa;
3. os ignorantes sem iniciativa e
4. os ignorantes com iniciativa.

. Aos inteligentes com iniciativa, Napoleão dava as funções de comandantes gerais ... estrategistas.
. Os inteligentes sem iniciativa, Napoleão deixava-os como oficiais para receberem ordens superiores ... para cumpri-las com diligência.


. Os ignorantes sem iniciativa, Napoleão os colocava na frente da batalha - buchas de canhão, como dizemos.


. Os ignorantes com iniciativa, Napoleão os odiava e não os queria em seus exércitos.

. Um ignorante com iniciativa é capaz de fazer besteiras enormes e depois dissimuladamente, tentar ocultá-las.
. Um ignorante com iniciativa faz o que não deve, fala o que não deve, até envolve-se com quem não deve e depois diz que não sabia.


. Um ignorante com iniciativa faz perder boas ideias, bons projetos, bons clientes, bons fornecedores, bons homens públicos.


. Um ignorante com iniciativa produz sem qualidade, porque resolve alterar processos definidos e consagrados.


. Um ignorante com iniciativa é, portanto, um grande risco para o desenvolvimento e o progresso de qualquer empresa e governo.

Não precisamos deles, nem Napoleão os queria.

Você identifica em sua vida, em sua empresa e no governo os quatro tipos de soldados de Napoleão?

E o que faz com cada tipo?

Você sabe livrar-se dos ignorantes com iniciativa?

Faltam cinco cinco para a eleição!







52 mil assinaturas -Basta de Falsidade! Manifesto em Defesa da Democracia Verdadeira!


Muito se ouve falar em "Democracia",  mas poucos sabem realmente o valor que ela tem. Só quem já viveu uma Ditadura sabe o verdadeiro significado desta palavra.

Fico realmente indignada quando ouço esta linda palavra na boca de corruptos, enganadores do povo, falsos políticos, déspotas e ditadores como, Chávez, Castro, o Carniceiro do Irã, entre outros, querendo mascarar seus atos tirânicos e mal intencionados. Uma Ditadura não justifica a outra. E estes falsos revolucionários, da cor de sangue, não fazem outra coisa do que, apelar para o povo, em nome de uma falsa Democracia, que na verdade não é outra coisa que alienação mental do povo em prol dos interesses mesquinhos e pessoais que quem não têm escrúpulos em manipular resultados de pesquisas, violar sigílos bancário e de Imposto de Renda. Tudo para continuarem no poder, comprando aliados e favores. Comprando medalhas e troféus internacionais, tudo para carimbar na mente do povo seus "falsos heróis", "falsos mitos", fakes politiqueiros que insistem em manchar de vermelho as cores de nossa bandeira.
Abaixo uma mensagem que acabo de receber e repasso com muita satisfação, pois nada está perdido. Há uma Luz no fim do túnel!!!


Caros amigos.

A adesão ao manifesto e ao movimento em defesa da democracia já atingiu mais de 52 mil assinaturas de todo o país até agora.

São personalidades como Dom Paulo Evaristo Arns, Jurista e ex-senador Paulo Brossard, jurista Helio Bicudo, escritor Ferreira Goulart, atores como Carlos Vereza, Mauro Mendonça e Terezinha Sodre, advogados como Luiz Eduardo Soares, José Gregori, Helio Mattar e Everardo Maciel, Juristas Miguel Reale Junior e Carlos Veloso, acadêmicos como Carlos Alberto Brito Cruz, políticos como Almino Afonso, Roberto Freire, Bruno Covas e Ricardo Montoro, Maristela Kubischek e Ana Maria Tornaghi, que se preocupam com os movimentos de setores do governo em limitar a liberdade de expressão, controlar o combate à corrupção e comprometer regras basilares da democracia.

Agora, aliados do governo criticam este movimento de personalidades e de brasileiros que reagiram à intimidação crescente por parte do governo, seus militantes e do próprio Presidente da República, que usa estruturas de Estado em favor de sua candidata, numa postura avessa à esperada para chefes de Estado.

Por tudo isso, é que entendemos ser fundamental ampliar as assinaturas em favor deste movimento e atuar para a realização do segundo turno, votando em candidatos comprometidos com a democracia, com o estado de direito, liberdade de expressão e contra a corrupção desenfreada e desavergonhada, que todo dia dá maus exemplos à sociedade e aos nossos jovens, desviando recursos de hospitais, escolas, segurança, melhores estradas e mais empregos.

Vote e peça votos em candidatos comprometidos com a liberdade, com a democracia e contra a corrupção.

Divulgue este movimento.

Movimento em Defesa da Democracia e da liberdade de expressão, contra a corrupção e a intimidação.


<manifestoemdefesadademocracia@gmail.com>



DIVULGUEM E LUTEM COMIGO!


terça-feira, 28 de setembro de 2010

DEGUSTAÇÃO DE VINHO EM MINAS GERAIS


Degustação de vinho em Minas 
- Hummm... 
- Hummm...

- Eca!!!

- Eca?! Quem falou Eca?

- Fui eu, sô! O senhor num acha que esse vinho tá com um gostim estranho?

- Que é isso?! Ele lembra frutas secas adamascadas, com leve toque de trufas brancas, revelando um retrogosto persistente, mas sutil, que enevoa as papilas de lembranças tropicais atávicas... - Putaqueupariu sô! E o senhor cheirou isso tudo aí no copo?!
- Claro! Sou um enólogo laureado. E o senhor? 
- Cêbêsta sô, eu não! Sou isso não senhor!! Mas que isso aqui tá me cheirando iguarzinho à minha egüinha Gertrudes depois da ch uva , lá isso tá!
- Ai, que heresia! Valei-me São Mouton Rothschild! 
- O senhor me desculpe, mas eu vi o senhor sacudindo o copo e enfiando o narigão lá dentro. O senhor tá gripado, é?
- Não, meu amigo, são técnicas internacionais de degustação entende? Caso queira, posso ser seu mestre na arte enológica. O senhor aprenderá como  segurar a garrafa, sacar a rolha, escolher a taça, deitar o vinho e, então... 
- E intão moiá o biscoito, né? Tô fora, seu frutinha adamascada! 
- O querido não entendeu. O que eu quero é introduzi-lo no... - Mais num vai introduzi é nada e nunca! Desafasta, coisa ruim!

- Calma! O senhor precisa conhecer nosso grupo de degustaç
 o. Hoje, por exemplo, vamos apreciar uns franceses jovens... - Hã-hã... Eu sabia que tinha francês nessa história lazarenta... 
- O senhor poderia começar com um Beaujolais! - Num beijo lê, nem beijo lá! Eu sô é home, safardana! 
- Então, que tal um mais encorpado? 
- Óia lá, ocê tá brincanu cum fogo...

- Ou, então, um suave fresco! 
- Seu moço, tome tento, que a minha mão já tá coçando de vontade de metê um tapa na sua cara desavergonhada!
- Já sei: iniciemos com um brut, curto e duro. O senhor vai gostar! - Num vô não, fio de um cão! Mas num vô, memo! Num é questão de tamanho e firmeza, não, seu fióte de brabuleta. Meu negócio é outro, qui inté rima com brabuleta...

- Então, vejamos, que tal um aveludado e escorregadio? 
- E que tal a mão no pédovidu, hein, seu fióte de Belzebu? 
- Pra que esse nervosismo todo? Já sei, o senhor prefere um duro e macio, acertei? - Eu é qui vô acertá um tapão nas suas venta, cão sarnento! Engulidô de rôia! 
- Mole e redondo, com bouquet forte? 
- Agora, ocê pulô o corguim! E é um... e é dois... e é trêis! Num corre, não, fiudaputa! Vorta aqui que eu te arrebento, sua bicha fedorenta num tem amor na vida não seu peste!

Luiz Fernando Veríssimo


Inté pro cêis!



segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Fernando Pessoa no Museu da Língua Portuguesa





É a primeira vez que o Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, tem uma exposição dedicada a um autor português. Depois de ter homenageado os brasileiros Guimarães Rosa, Clarice Lispector e Machado de Assis, o museu alberga, desde terça-feira e até ao dia 30 de Janeiro de 2011, a exposição Fernando Pessoa: plural como o universo, um passeio pela vida e obra do escritor através de textos, imagens e vídeos.
O visitante vê-se reflectido em espelhos e com gestos faz com que poemas mudem nos ecrãs dentro de cabines onde se ouvem poemas. Querem que o visitante se envolva, tome parte, seja cúmplice, nem que seja só simbolicamente. É uma exposição interactiva: pretende-se que o visitante se envolva, tome parte, seja cúmplice, nem que seja só simbolicamente. “A viagem marítima é um leitmotiv da exposição”, explica por e-mail, a partir de São Paulo, Richard Zenith, especialista na obra do poeta e um dos curadores da mostra, juntamente com o académico brasileiro Carlos Felipe Moisés.
“Há o mar do livro Mensagem, o mar tão presente na geografia e na história portuguesa, o mar que tanto marcou a infância e a juventude de Pessoa (fez quatro travessias entre Lisboa e África do Sul) e o mar que é preciso navegar”, explica ao P2, lembrando que Pessoa rabiscou num pedaço de papel, reproduzido e exposto na exposição, uma frase isolada: “O mar é a religião da natureza.”
O azul é a cor predominante da exposição. Logo no início estão montadas cinco cabines dedicadas a Pessoa e heterónimos (Alberto Caeiro, Ricardo Reis, Álvaro de Campos e Bernardo Soares) onde são projectados excertos de poemas. A sexta cabine, intitulada Eu sou muitos, é dedicada a outras personalidades literárias criadas pelo poeta. Nas cabines, se o visitante levantar os braços, o movimento é captado por um sensor, e os poemas mudam.
A cenografia da exposição é de Hélio Eichbauer – que fez uma brincadeira com o quadro de Almada Negreiros que retrata Fernando Pessoa a escrever ao lado da revista Orpheu. Recriou os objectos – a cadeira e a mesa – e pendurou-os no tecto. “Nosso propósito básico é levar Fernando Pessoa à vida do cidadão que não o conhece e que, portanto, encontrará uma linguagem acessível, e àqueles que já estão familiarizados com seus versos, que terão a chance de descobrir aspectos e conceitos novos”, considera Carlos Felipe Moisés
Quiseram igualmente que a exposição mexesse com o visitante, “que pusesse a sua “unidade” em causa, que o fizesse reflectir sobre o desafio pessoano de dar expressão à multiplicidade de desejos, pensamentos e formas de ser que habitam em cada um”, diz Zenith.
À medida que se percorre o espaço, encontra-se uma espécie de fotobiografia projectada na parede de um corredor (com reproduções de documentos inéditos); surgem dois vídeos em loop, com mostradores que expõem livros e revistas originais, e há ainda uma mesa de leitura, que incentiva o convívio e a discussão entre os visitantes.
“Há também um quarto de espelhos em que o visitante se vê reflectido e fragmentado em dezenas de pedaços enquanto ouve versos e frases de Pessoa que questionam a noção de um eu uno e coeso. Esta frase, por exemplo, do Livro do Desassossego: “Conhece alguém as fronteiras à sua alma, para que possa dizer – eu sou eu?”"
Um fac-símile do original de Mensagem que Pessoa entregou à tipografia (e que está actualmente à guarda da Biblioteca Nacional) está projectado sobre uma mesa com as imagens das páginas muito aumentadas. Quando se passa a mão por cima do canto inferior das páginas, folheia-se o livro virtual. Há um pêndulo ao pé da imagem do quadro de Nuno Gonçalves e poemas são projectados em dois tanques de areia. Dois vídeos são projectados como se fossem janelas. Um deles, de Carlos Nader com argumento do poeta Antônio Cícero, mostra pessoas a recitar Pessoa no meio da multidão. O segundo mostra uma imagem do mar, sempre em movimento, tirada do filme Limite, de Mário Peixoto.
(publicado no caderno P2, do jornal PÚBLICO no dia 27 de Agosto de 2010)


Um abraço a todos!


 

JUIZ;UMA SENTENÇA QUE PODERÁ TRANSFORMAR A VIDA DE HACKERS


Eis aí uma notícia digna de ser postada!
Juiz acredita que uma medida eficiente para a reintegração social é o acesso à cultura.
Veja abaixo:

"Ruan Tales Silva de Oliveira, 23, Paulo Henrique da Cunha Vieira, 22, e Raul Bezerra de Arruda Júnior, 30, são acusados por furto mediante fraude pela internet. O juiz do caso, Mário Jambo, concedeu-lhes liberdade provisória, mas impôs algumas condições. Os acusados devem ler obras clássicas da literatura brasileira, entre outros 11 itens.

O advogado de Ruan Tales, Jeferson Witame Gomes Júnior, diz a Terra Magazine que ter "acesso à cultura" é uma medida eficiente de reintegração social:

- O sistema carcerário brasileiro é falido, não ressocializa, não regenera. Obrigá-los a ler é uma forma de fazer com que os jovens possam ter acesso à cultura e rever seus princípios, tomar um novo rumo na vida.

Segundo o juiz, "uma sentença criminal só tem legitimidade a partir do momento que ela tem força transformadora. Não é na toga que está a legitimidade e autoridade da sentença criminal. É na sua utilidade transformadora"...continua em:

Se a moda pega, creio que muito bandido se transformaria em gente de bem.
Meus parabéns ao Juiz Mario Jambo pela brilhante idéia!
Que ela possa ser copiada e aplicada como pena alternativas...

Boa semana!



CHUPA ESSA MANGA CHÁVEZ!!!


Finalmente saiu o resultado tão esperado pelo povo venezuelano. Chávez já não pode "mandar" sozinho e absoluto. Agora Venezuela tem oposição. Veja aqui:

"O governo do presidente Hugo Chávez conquistou a maioria das vagas nas eleições para o Parlamento realizadas no domingo, mas perdeu a maioria qualificada, o que levará à base governista na Assembleia Nacional a ter de negociar com a oposição a aprovação de projetos de leis.

De acordo com o Conselho Nacional Eleitoral, o partido governista PSUV conquistou 90 cadeiras das 165 em disputa. A oposição, por sua vez, ficou com 59 vagas, mais de um terço das composição da Casa. O partido dissidente do chavismo, PPT, obteve duas vagas.

Ainda estão por ser contabilizados os votos de outros sete postos que ainda devem ser anunciados nesta segunda-feira. A participação dos eleitores foi de 66,45%, uma das mais altas da história para eleições legislativas.

"Nós alcançamos um importante resultado eleitoral, mas não foi possível conseguir os dois terços. Temos por enquanto 95 deputados, uma maioria contundente", afirmou o dirigente do PSUV Aristobulo Isturiz, diante de milhares de simpatizantes do governo, que pediam a presença de Chávez e esperavam o anúncio de uma vitória mais ampla. O presidente venezuelano, porém, não apareceu.

"A meta não foi alcançada, mas esse esforço nos reafirma como a primeira força política do nosso país", afirmou Isturiz, em um brevíssimo discurso.

Twitter
Minutos depois, Chávez escreveu em seu perfil no twitter: "Socialismo bolivariano e democrático. Devemos continuar fortalecendo a revolução. Uma nova vitória do povo, parabéns", escreveu o presidente.

Apesar disso, os resultados não correspondem às expectativas do governo, que horas antes, extra-oficialmente, comemorava a conquista de pelo menos dois terços da Assembleia Nacional. O governo buscava manter a maioria absoluta na casa, de pelo menos dois terços das cadeiras do Parlamento, para poder avançar com as reformas do projeto da revolução bolivariana, sem ter de negociar com a oposição.

O resultado é uma "derrota" para governo, na opinião do analista político Javier Biardeau, professor da Universidade Central da Venezuela. "É uma derrota política que aponta mudanças no perfil político com que se vinha governando", afirmou.

"É um dos piores cenários para o governo. Voltamos a uma conjuntura semelhante à de 2002", quando a Venezuela viveu o auge da crise política que derivou no golpe de Estado de abril daquele ano, afirmou Biardeau à BBC Brasil.

O porta-voz da coligação opositora MUD, Ramón Guillermo Aveledo, disse que o eleitorado opositor "deverá crescer" nos próximos dois anos, antecipando a disputa para as eleições presidenciais de 2012. "O que ficou demonstrado é que o país tem uma alternativa que se formou graças à convergência e à unidade de gente muito diferente", afirmou.

A oposição não possuía representação no Parlamento venezuelano desde 2005, quando decidiu retirar suas candidaturas na última hora e optou por não concorrer às eleições, alegando supostas irregularidades no processo eleitoral, que não foram comprovadas posteriormente. Desde então, a Assembleia Nacional é governada por maioria governista qualificada".

fonte: www.terra.com


Parabéns ao venezuelanos que prezam a verdadeira democracia e liberdade!
O povo só reagiu quando os resultados econômicos chegaram em seus bolsos.
O povo (não pensante) brasileiro também, só acordará quando sentirem na pelo, ou melhor no bolso, os resultados de uma governo mal intencionado e corrupto.


Uma ótima semana a todos




 

domingo, 26 de setembro de 2010

MIL VEZES OBRIGADA À Veja@blog PELO LINDO SELO OFERECIDO À ESTE BLOG!


Hoje ao acordar senti um cheiro de felicidade no ar. Era o cheiro de terra molhada da chuva que, finalmente veio! Chuva mansa, gostosa e muito, muuuuuuuito esperada mesmo!
Como ontem trabalhei duro das 7hs às 20hs, após sair para jantar com minha mãe, voltei e fui direto pra cama. Não tive coragem de ficar na internet como sempre faço antes de dormir. Então, ao acordar, antes mesmo de tomar o meu café, fui para o computador, ansiosa para ler as notícias e os emails de ontem. Qual não foi a minha surpresa ao me deparar com a seguinte mensagem:


"VejaBlog
Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!

http://www.vejablog.com.br
Parabéns pelo seu Blog!!!
[Leio, Logo Existo!]

Você está fazendo parte da maior e melhor,
seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

O seu link encontra-se no item: Blog

http://www.vejablog.com.br/blog
Pegue nosso selo em:
http://www.vejablog.com.br/selo

Um forte abraço,
Dário Dutra"

Não tenho palavras com suficiente força de expressão para agradecer este lindo gesto!
O selo é lindo e muito me orgulho dele, como me orgulhei de cada prêmio recebido por este ou por outros dos meus blogs. Valeu Vej@blog!!! Muito obrigada de coração!
Agora vejam mais uma vez que lindinho!!!




Meus agradecimentos a todos os meus
amigos e seguidores que sempre me
prestigiam! Tenham todos um excelente
domingo de amor e paz!!!!


NAMASTÊ!


RESPOSTA DO DEPUTADO GERSON PERES, SOBRE A CENSURA DOS BLOG'S


A propósito da matéria publicada no post anterior, o Deputado Gerson Peres , teve a coragem e a gentileza de responder a um colega blogueiro, nosso grito de protesto por esta proposta absurda de “controle” dos blogs.
Antes de tudo quero esclarecer que a iniciativa de enviar um email ao Deputado Gerson Peres, foi da colega Lucy Ramos do blog Amor Sem Fronteiras: http://amorepazsemfronteiras.blogspot.com/. É da Lucy o artigo que publiquei aqui, mas que copiei do blog da Sonia Silvino.
Quero aproveitar o gancho para agradecer a Lucy Ramos, que ainda não conheço, mas que já me tornei seguidora e admiradora, pela iniciativa que tomou em nome de todos nós blogueiros.
Agradeço também ao blog “Alvorecer”:  http://alvorecerescriba.blogspot.com/2010/09/censura-aos-blos-no-brasil.html#comment-form
de Rui Palmela (Porltugal) de onde copiei a resposta do Deputado Gerson Peres.

Leiam o que escreveu o Deputado no blog do Rui:

"Primeiro gostaria de saber aonde meu projeto fala de censurar blogs? Caro Blogueiro, há um equívoco. Sou parlamentar há muitos anos, fui constituinte e posso lhe demonstrar que o PL não visa censurar os blogs nem seus proprietários. Ele é exclusivo em defesa da honra quando ferida pela calúnia, pela injúria e pela difamação. É um meio de comunicação útil que a maioria dos blogueiros utiliza para criticar, sugerir, denunciar sem desonrar a cidadania. Quem pode ser contra isso? Investigue a minha trajetória na vida pública e verás que sempre lutei com correção e coragem sob o princípio de construir a felicidade das pessoas e não envergonhar ninguém no exercício do meu mandato. Bem, mas vamos lá. A atribuição fundamental do parlamentar é legislar. Transforma-se em um dever quando se trata de preservar o respeito à dignidade da pessoa humana ( art.1º, III CF), princípio fundamental da Constituição Federal, que determina e veda o desrespeito. O Projeto de Lei é amparado por ela. Quem abriga anônimos em seus blogs para macular a honra das pessoas não é digno de ser blogueiro, que julgo útil e correto quando seu blog é transparente e sem canalhices. Para os incorretos só a lei os limitará e os protegerá contra o anonimato. "Anônimo não pode ser fonte para os que maculam a honra alheia. A lei somente trata deste aspecto, necessariamente, restritivo. Os blogs clandestinos não anulam a iniciativa da lei contra a irresponsabilidade deles. Se a internet tem poderes para desvios de conduta, o Estado democrático de direito terá sempre os meios técnicos e jurídicos para coibi-los. Os fatos estão aí quando os hackers pensam que podem mais que as leis. São ou serão, com todas as dificuldades, mais cedo ou mais tarde, descobertos pelo processo evolutivo da nova tecnologia e a força de direito. A liberdade não sobrevive sem a lei. A grande maioria dos blogueiros usam seus blogs com responsabilidade, como é o seu caso, mas tem uma minoria que não respeita. A liberdade é patrimônio inalienável com responsabilidade, com o direito do contraditório, ampla defesa e recursos e meios a ela inerente. Peço a você e a seus leitores que que sugiram modificações ao projeto de lei a fim de que possamos aperfeiçoá-lo. Fechamos o texto com ajuda inclusive de diversos blogueiros e o quadro técnico da Câmara de Consultores Legislativos com especialidade em crimes cibernéticos (direito digital). Tenho recebido mensagens de apoio e críticas também. Após as eleições participarei mais intensamente do debate. Gostaria que publicasse a minha resposta para engrandecermos o debate".
Gerson Peres - Deputado Federal

Agradecemos muito ao Deputado pela preocupação em responder. Creio que devemos nos mobilizar para, TODOS JUNTOS, blogueiros e o Deputado, chegarmos a um denominador comum. São medidas polêmicas que não devem ser submetidas somente à ala política. Nós o povo, o eleitor, o blogueiro, que paga os impostos e, consequentemente, o salário dos políticos,  devemos ser consultados e, em conjunto encontrarmos uma  solução para evitarmos abusos por parte de alguns mal intencionados.



Um bom domingo!




 

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Censura a vista: Lei autoritária exigirá registro de blogs e permitirá acusação criminal por comentários.


Governo à moda Chaves/Castro, quer calar a nossa boca e vendar os olhos do povo para as corrupções que não cessam de ser descobertas no triste cenário político de nosso país.

Não podemos permitir que isto aconteça, mesmo porque, eu já vi esse filme antes. O mais engraçado para não dizer tragicômico é que pessoas que foram censuradas pela Ditadura Militar, e que agora ocupam cargos diversos no governo, aprenderam a lição e querem agora amordaçar quem não concorda com eles!

Nosso governante atual sofre de ataques de Mitomania e só admite elogios e bajulações. Como na figura acima. Quando discordamos, somos fascistas, preconceituosos, etc, etc...
Leiam abaixo uma matéria que copiei do blog da minha querida amiga Sonia Silvino, sobre esta proposta "absurda" de controlar os blogs: 

"Uma proposta apresentada no dia 14 de abril deste ano tem como objetivo cercear a liberdade de expressão no Brasil através de blogs, umas das poucas fontes de informação ainda não controladas.

Se você mantém um blog ou se simplesmente se importa com a sua liberdade de expressão e com a defesa e garantia de liberdades individuais e coletivas informe-se e faça algo a respeito antes que todos tenhamos que testemunhar o nascimento de uma nova e poderosa CENSURA.

A proposta de número 7.131 , de autoria do deputado federal Gerson Peres (PP-PA), foi apresentada no dia 14 de abril e pretende instaurar mecanismos de censura sob o pretexto de regulamentação.

Este ofensivo projeto de lei, que não só inclui blogs, mas também fóruns e mecanismos similares de publicação na internet (termos muito convenientemente vagos), inclui basicamente três pontos principais:


Comentários de blogs (e semelhantes) terão que ser previamente moderados.
Crimes contra honra - calúnia, injúria e difamação - advindos dos comentários de blogs serão de responsabilidade de seus editores, proprietários ou autores. Ações civis poderão ser impetradas contra o dono do blog.
Todos os blogs (e semelhantes) terão que ser registrados no registro.br. Este registro inclui informações tais como: Nome Completo, Endereço completo, Bairro, Cidade, Estado, CEP, Telefone (fixo, celular ou os dois), CPF e RG.

Caso o blog ou similar não estiver em conformidade com estas regras terá que pagar uma multa de R$2.000 até R$10.000 reais! Por exemplo, o meu blog seria multado, porque meu registro não é no registro.br, e provavelmente nunca será!

O pretexto utilizado é que os blogs e afins, por mais que tenha aumentado as possibilidades de manifestação do pensamento e liberdade de expressão, não são passíveis de responsabilização civíl e penal no caso de ocorrência de crimes contra a honra.

O que vemos aqui é um dupla armadilha. A primeira será de manter a identificação e o registro de cada um de nós blogueiros. Não haverá mais anonimato, todos os blogueiros serão conhecidos, pelo menos para o governo. A segunda é que, quando bem entenderem, poderão cancelar o registro no registro.br. Alguém ousou criticar a nova campanha de vacinação do governo? Simples, cancele seu registro, afinal, onde já se ouviu tamanha calúnia! ;)

Em relação ao comentários anônimos, caso você não tiver habilitado moderação ou não tiver muito cuidado para não deixar passar um comentário calunioso, pessoas mal intencionadas (ou até mesmo empresas ou departamentos do governo que se sintam expostos pelo blog ou fórum) poderão simplesmente escrever algo que possa ser visto como calúnia para que o responsável seja processado de forma civil e penal.

Apesar do foco da lei ser nos comentários anônimos, no meu ver o real objetivo é identificar e registrar todos os blogueiros, além de criar burocracia e esta ameaça constante que com certeza fará com que menos pessoas se aventurem a abrir um blog.

No caso dos fóruns, esta lei irá torná-los totalmente ineficaz. Ou você terá que achar uma forma de identificar os usuários do fórum ou terá que moderar todas as mensagens. Quem irá usar um fórum assim?

Uma outra implicação serão nos blogs corporativos de jornais, ou até matérias de jornais que permitam comentários. Os veículos de mídia terão que se certificar da identidade dos autor dos comentǽrios ou arcar com a responsabilidade por processos. O resultado será que lamentavelmente irão remover quaisquer oportunidades de interação com os usuários. A internet simplesmente virará o que vemos hoje na TV, um total controle da mídia corporativa.

Não apenas seremos todos nós blogueiros identificados, dando oportunidade para retaliações e coações por parte do governo quando postarmos verdades inconvenientes, mas teremos nosso blog rapidamente retirado do ar quando bem entenderem.

De acordo com o site Terra, o projeto de lei (PL-7131/2010) tramita na Câmara em regime de urgência, e aguarda apreciação em plenário, ainda sem data definida.

Leis similares estão sendo criadas nos Estados Unidos, e não me surpreende que o Brasil está querendo ficar a frente em matéria de controle totalitário.
Por gentileza repasse este texto, mobilize suas redes e vamos barrar este texto absurdo. A omissão pode trazer sérias consequências.

Clique no link abaixo para mandar sua reclamação para o nosso nobre deputado. Seja educado mas faça valer sua opinião".

http://www2.camara.gov.br/participe/fale-conosco/fale-com-o-deputado?DepValores=526177-PA-M-PP&partidoDeputado=PP&sexoDeputado=M&ufDeputado=PA

Postado por Sônia Silvino no:






CONGRESSO NACIONAL, A BABEL CONTEMPORÂNEA!!!


Quando uma pessoa começa a se justificar demais, falando sem parar, tentando explicar o não tem explicação, pode-se esperar o pior! Esta “tentando” convencer, pela lábia, um fato  QUE TERIA  de ser resolvido, MAS NÃO VAI SER. Mesmo porque esse fato não é do interesse de dos corruptos que seja resolvido. Assim sendo, quem votou contra buscou todos os recursos gramaticais, metafóricos, semânticos, entre outros, para justificar o injustificável...
Ontem foi exatamente assim que aconteceu no Congresso Nacional. Um show de horrores! Tudo para não acatarem a vontade soberana do povo brasileiro.
Chegaram a citar, cinicamente, que aquilo parecia uma verdadeira Babel. O que excelentíssimos não sabem, é que “realmente” o Congresso é uma Babel  e que, ela está prestes a desabar. Assim como aconteceu em tempos remotos.
Cinco ilustríssimos representantes, deram um tiro no próprio pé, ao “tentarem” impedir que a vontade do povo por uma política decente fosse válida para estas eleições!

Vergonha absoluta!!!
Mas nada está perdido, que isto nos sirva de lição para tomarmos mais cuidado com quem escolhemos para votar.
Dia 3 de Outubro se aproxima, vamos dar o troco neles???

Abaixo um pequeno trecho da matéria da veja, por Mirella D'Elia e Gabriel Castro, de Brasília:

“A explanação foi repleta de metáforas e de frases de efeito. "Juiz não precisa buscar aplauso fácil das ruas. Senão as pessoas ficariam com medo de dar um habeas corpus". Ele completou: "Mas assim se constroi o fascismo". Ele chegou a citar Jesus Cristo para afirmar que o clamor popular não deve ser soberano em decisões judiciais. O ministro ressaltou, no entanto, que defende a vigência da medida no futuro.

Ellen Gracie defendeu a aplicação imediata da lei. Era um dos votos mais esperados já que a posição dela era desconhecido. Marco Aurélio Mello e Celso de Mello seguiram o posicionamento de Toffoli e Mendes.

O decano Celso de Mello considerou que a aplicação da medida só ocorrerá a partir de um ano depois de promulgada. "As instituiçãos legislativas não podem ficar ao sabor de dirigismos normativos das forças dominantes de cada período", afirmou. Para ele, também não é possível tornar inelegível um candidato que apenas renunciou ao mandato, sem cometer crime.

O comandante do Supremo, Cezar Peluso, votou na mesma linha. Ele resumiu o tom de seu voto logo de saída: "Não me comovem pressões vindas da opinião pública, ou da opinião publicada, ou por segmentos do povo, ou por instituições". Mas o dia terminou - ou melhor começou - sem nenhuma definição”.



QUEM VIVER VERÁ!





 

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

URGENTE!!!!


Tem males que vêm para o bem! Sempre acreditei nisto. Portanto, apesar de ficar indignada à princípio com a notícia abaixo, creio que sempre acontecem as coisas para uma mudança melhor. 
Só fico chateada porque estou na fase mais atribulada da minha vida (faculdade), e não tenho tempo de mudar o link das imagens. Portanto, peço a compreensão de todos para as imagens deletadas por este site tão MAL EDUCADO E SEM ÉTICA, mas, tudo se resolverá em seu tempo certo. Leiam abaixo para entenderem o que estou dizendo.

 "O site tinypic onde eu e 90% das pessoas que usam imagens e criam selinhos hospedam suas imagens não esta mais aceitando contas de pessoas de outros paises e, simplesmente cancelaram todos os links das imagens que  hospedamos lá".


É o cúmulo da falta de ética e profissionalismo. Nem sequer avisaram que iam fazer isto. Que falta de respeito!!!"


Beijos carinhosos
com uma boa dose de paciência!!!



 

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

MOBILIZAÇÃO EM DEFESA DA DEMOCRACIA VERDADEIRA


Ato organizado na tarde desta quarta-feira (22) em São Paulo (Foto: Epitácio Pessoa/Agência Estado)
Juristas, atores e intelectuais se reuniram na tarde desta quarta-feira (22) em frente ao Largo de São Francisco, no Centro de São Paulo, para lançar um manifesto a favor da liberdade de imprensa e de expressão. Confira o documento, na íntegra:
“MANIFESTO EM DEFESA DA DEMOCRACIA
“Em uma democracia, nenhum dos Poderes é soberano. Soberana é a Constituição, pois é ela quem dá corpo e alma à soberania do povo.
“Acima dos políticos estão as instituições, pilares do regime democrático. Hoje, no Brasil, inconformados com a democracia representativa se organizam no governo para solapar o regime democrático.
“É intolerável assistir ao uso de órgãos do Estado como extensão de um partido político, máquina de violação de sigilos e de agressão a direitos individuais.
“É inaceitável que militantes partidários tenham convertido os órgãos da administração direta, empresas estatais e fundos de pensão em centros de produção de dossiês contra adversários políticos.
“É lamentável que o Presidente esconda no governo que vemos o governo que não vemos, no qual as relações de compadrio e da fisiologia, quando não escandalosamente familiares, arbitram os altos interesses do país, negando-se a qualquer controle.
“É inconcebível que uma das mais importantes democracias do mundo seja assombrada por uma forma de autoritarismo hipócrita, que, na certeza da impunidade, já não se preocupa mais nem mesmo em valorizar a honestidade.
“É constrangedor que o Presidente da República não entenda que o seu cargo deve ser exercido em sua plenitude nas vinte e quatro horas do dia. Não há ‘depois do expediente’ para um Chefe de Estado. É constrangedor também que ele não tenha a compostura de separar o homem de Estado do homem de partido, pondo-se a aviltar os seus adversários políticos com linguagem inaceitável, incompatível com o decoro do cargo, numa manifestação escancarada de abuso de poder político e de uso da máquina oficial em favor de uma candidatura. Ele não vê no ‘outro’ um adversário que deve ser vencido segundo regras da Democracia, mas um inimigo que tem de ser eliminado.
“É aviltante que o governo estimule e financie a ação de grupos que pedem abertamente restrições à liberdade de imprensa, propondo mecanismos autoritários de submissão de jornalistas e de empresas de comunicação às determinações de um partido político e de seus interesses.
“É repugnante que essa mesma máquina oficial de publicidade tenha sido mobilizada para reescrever a História, procurando desmerecer o trabalho de brasileiros e brasileiras que construíram as bases da estabilidade econômica e política, com o fim da inflação, a democratização do crédito, a expansão da telefonia e outras transformações que tantos benefícios trouxeram ao nosso povo.
“É um insulto à República que o Poder Legislativo seja tratado como mera extensão do Executivo, explicitando o intento de encabrestar o Senado. É deplorável que o mesmo Presidente lamente publicamente o fato de ter de se submeter às decisões do Poder Judiciário.
“Cumpre-nos, pois, combater essa visão regressiva do processo político, que supõe que o poder conquistado nas urnas ou a popularidade de um líder lhe conferem licença para ignorar a Constituição e as leis. Propomos uma firme mobilização em favor de sua preservação, repudiando a ação daqueles que hoje usam de subterfúgios para solapá-las. É preciso brecar essa marcha para o autoritarismo.
“Brasileiros erguem sua voz em defesa da Constituição, das instituições e da legalidade.
“Não precisamos de soberanos com pretensões paternas, mas de democratas convictos.”
 



 

terça-feira, 21 de setembro de 2010

O Cesto e a água

A primavera chegou, gostaria de desejar a todos
uma temporada de sonhos multicoloridos.
E para saudar esta linda estação, escolhi um
texto enviado pela minha amiga Vera Locilento.

"Um discípulo chegou para seu mestre e perguntou:

- Mestre, por que devemos ler e decorar a Palavra de Deus se nós não conseguimos memorizar tudo e com o tempo acabamos esquecendo? Somos obrigados a constantemente decorar de novo o que já esquecemos.
O mestre não respondeu imediatamente ao seu discípulo. Ele ficou olhando para o horizonte por alguns minutos e depois ordenou ao discípulo:

- Pegue aquele cesto de junco, desça até o riacho, encha o cesto de água e traga até aqui.

O discípulo olhou para o cesto sujo e achou muito estranha a ordem do mestre, mas, mesmo assim, obedeceu. Pegou o cesto, desceu os cem degraus da escadaria do mosteiro até o riacho, encheu o cesto de água e começou a subir. Como o cesto era todo cheio de furos, a água foi escorrendo e quando chegou até o mestre já não restava nada.
O mestre perguntou-lhe:


- Então, meu filho, o que você aprendeu?



O discípulo olhou para o cesto vazio e disse, jocosamente:

- Aprendi que cesto de junco não segura água.


O mestre ordenou-lhe que repetisse o processo.


Quando o discípulo voltou com o cesto vazio novamente, o mestre perguntou-lhe:


- Então, meu filho, e agora, o que você aprendeu?


O discípulo novamente respondeu com sarcasmo:


- Que cesto furado não segura água.



O mestre, então, continuou ordenando que o discípulo repetisse a tarefa.
Depois da décima vez, o discípulo estava desesperadamente exausto de tanto descer e subir as escadarias.


Porém, quando o mestre lhe perguntou de novo:


- Então, meu filho, o que você aprendeu?


O discípulo, olhando para dentro do cesto, percebeu admirado:


- O cesto está limpo! Apesar de não segurar a água, a repetição constante de encher o cesto acabou por lavá-lo e deixá-lo limpo.
O mestre, por fim, concluiu:

- Não importa que você não consiga decorar todas as passagens da Bíblia que você lê, o que importa, na verdade, é que, no processo, a sua mente e a sua vida ficam limpas diante de Deus".

Desconheço o autor



Uma ótima Primavera a todos!




Related Posts with Thumbnails

RECOMENDO COM LOUVOR