Seguidores

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

O QUE DEUS TEM A VER COM A CONDENAÇÃO DE SEKINEH?


Até o momento não temos notícias sobre a execução de Sekineh no Irã. Hummmmm isso me cheira muito mal!!
Como não acredito em “ditadores e tiranos”, temo que ela seja executada às escondidas e só depois, sob um pretexto “maquiado”, a notícia seja divulgada para o mundo.

O que mais gera estranheza é que a lei que condena Sekineh é atribuída a Deus. Existe uma grande distancia entre o coração de Deus e o coração daqueles que executam mulheres como Sekineh.

Mateus 9.13 Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero e não sacrifício. Porque eu não vim para chamar os justos, mas os pecadores, ao arrependimento.
Romanos 5.8 Mas Deus prova o seu amor para conosco em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.
Tiago 5.20 saiba que aquele que fizer converter do erro do seu caminho um pecador salvará da morte uma alma e cobrirá uma multidão de pecados.

Skineh Mohammadi Ashtiani Presa desde 2006 na cadeia de Tabriz, Sakineh em declaraçao ao jornal britânico “Guardian” por meio de um intermediário cuja identidade foi mantida em sigilo. Ela declarou que “É por eu ser uma mulher, é por eles acharem que podem fazer o que quiserem com as mulheres, neste país. Para eles, adultério é pior que homicídio. Mas não todos os tipos de adultério: um homem adúltero pode nem ser preso, mas uma mulher adúltera é o fim do mundo”.  Isso mostra até onde vai a capacidade segregadora de uma sociedade contaminada pela religião fundamentalista. Bem sabemos que adultério é pecado, alias o que é o pecado? Pecado é transgredir a lei de Deus. Perante a bíblia Sakineh  é exatamente igual a qualquer homem adultero. Ela experimentou um pecado igual a qualquer outro como: mentira, cobiça, inveja, linguagem indecente, luxuria, abuso de poder e tantos outros que são tão comuns ao currículo da sociedade atual. Jesus Cristo morreu na cruz pela vida desta mulher e através do sacrifício na cruz ela pode ser perdoada de seus erros. 
Deus ama Sakineh e não aprova o pecado que ela cometeu. Mas nos deu a oportunidade do perdão pelo arrependimento...
Me sensibiliza a situação desta mulher iraniana que já recebeu 99 chibatadas pelo adultério, recebeu uma condenação de apedrejamento que foi mudada para enforcamento e hoje esta isolada sem contato com a família aguardando a execução. 

Enfim, que atire a primeira pedra 
aquele que jamais pecou!!!




VAMOS NOS MOBILIZAR PARA IMPEDIR UM CRIME BÁRBARO!!!



Quero agradecer minha querida amiga Silvia Mendonça, jornalista, poeta e escritora do Mural dos Escritores por ter me alertado sobre esta barbárie que está prestes a acontecer.
Posto na íntegra o comunicado da Silvia:

Lembram-se da SAKINEH?



Aposto que sim. Vi este rosto em muitos blogues, assinaram-se petições para evitar que esta Iraniana, acusada de adultério, fosse barbaramente condenada á morte por apedrejamento. Aparentemente os carrascos cederam.

Falou-se até numa possível libertação. O caso Sakineh deixou de ser lembrado e comentado. Afinal de contas são tantas as causas a que temos que responder, e o Irão fica tão longe...


Pensamos que tínhamos ganho uma vitória contra a barbárie. Mas os bárbaros estavam apenas á espera que a opinião pública internacional se cansasse, se calasse.


Depois, calmamente calaram as vozes internas mais preocupantes.


O filho e o advogado de Sakineh foram presos dia 10 de outubro. Desde 11 de Agosto que as visitas foram proibidas, e o regime fabricou, na sombra, um novo cenário, anunciando que "de acordo com as evidências existentes, a sua culpa (de Sakineh) foi confirmada".


Culpa? Que culpa é essa, que a fez ser punida com 99 chicotadas? Que culpa pode condenar alguém a uma morte cruel, desumana, atroz? Que culpa lhe atribuem para não a apedrejando, ainda assim a enforcar?
Foi contra isso que nos manifestamos, esquecendo que devíamos ter ido até ao fim pressionando, exigindo que a libertassem.


Hoje, fui alertada. Procurei na net. Está aqui, e aqui, em vários sites. Foi dada ordem para a execução de Sakineh, por enforcamento. A data indicada é amanhã, 3 de Novembro.
http://www.president.ir/en/
Este é o site do presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, clique em "email para o presidente" e mande uma mensagem em inglês, pedindo clemencia para esta mulher!
O site abaixo também disponibilizou um pedido de socorro para Sakineh.





http://www.causes.com/causes/510583


Temos 24 horas para usar os nossos blogues, as nossas vozes, para mostrar que não esquecemos Sakineh, que estamos atentos e que denunciamos não só a barbárie mas também a injustiça.
Sei que posso contar convosco!!!!!!!!!!!
Vamos nos mobilizar, quem sabe se fizermos muita pressão eles acabam desistindo desta idéia maluca!

Que Deus através da
hierarquia de Mikael tome
as providências para que este crime,
caso aconteça, não seja em vão!!!


Divulgando por
Delasnieve Miranda Daspet de Souza
Embaixadora Universal da Paz - Genebra - Suiça - Cercle Universel des Ambassadeurs de la Paix
Embaixadora para o Brasil de Poetas del Mundo

www.delasnievedaspet.com.br - www.pantanalms.tur.br - www.lunaeamigos.com.br
http://www.delasnievedaspet.com.br/embaixadora_universal_da_paz.htm
http://www.poetasdelmundo.com/verInfo_america.asp?ID=600
http://grupobrasilmostratuacara.blogspot.com/

Fonte:http://muraldosescritores.ning.com/profiles/blogs/a-iraniana-sakineh-ashtiani?commentId=2630076:Comment:260501&xg_source=msg_com_blogpost



Related Posts with Thumbnails

RECOMENDO COM LOUVOR