Seguidores

segunda-feira, 28 de março de 2011

Maturidade para amar!!!


Sou daquelas que acreditam que o amor tem a capacidade de curar quase todos os nossos males. Depois de ter vivido um grande amor as pessoas nunca mais são as mesmas que eram antes. Porém, se entregar a um amor por pura carência afetiva, obedecendo apenas a um impulso incontrolável de de viver este amor custe o que custar, as consequências nem sempre são muito positivas...
O ideal para se viver um grande amor é aprender a amar, primeiramente a si mesmo. E para que isto aconteça é preciso maturidade. Por este motivo escolhi este texto abaixo do Padre Fabio de Melo. São palavras muito sábias para uma profunda relexão sobre a nossa capacidade de amar o outro.

"Você tem condições para perceber a sua maturidade. É só observar se você é obediente mesmo quando não há pessoas ao seu redor. 
Você não precisa que ninguém te observe, pois você já viu aquilo como um valor. Pessoas imaturas sofrem dobrado.
Pessoas imaturas querem modificar os fatos, pessoas maduras deixam que os fatos os modifiquem. 
A maturidade nos faz perceber que não podemos mudar os fatos. Um imaturo ganha um limão e o chupa fazendo careta. O maduro faz uma limonada com o limão que ganhou. 
Muitas vezes os nossos relacionamentos de amizade são uns fracassos porque somos imaturos. Amigos não são o que imaginamos, mas o que eles são e com todos os defeitos.

Amizade é processo de maturidade que nos leva ao verdadeiro encontro com as pessoas que estão ao nosso lado. Elas têm todos os defeitos, mas fazem parte da nossa vida e não a trocamos por nada deste mundo. 
Isso porque temos alma de cristão e aquele que tem alma de cristão não tem medo dos defeitos dos outros, porque sabe que aqueles defeitos não serão espelhos para nós, mas seremos um instrumento de Deus para ele superar esse defeito. Se você não consegue lidar com os limites dos outros, é porque você não consegue lidar com os seus limites. 

Como está a nossa capacidade de amar? Uma coisa é amar por necessidade e outra é amar por valor. Amar por necessidade é querer sempre que o outro seja o que você quer.
Amar por valor é amar o outro como ele é, quando ele não tem mais nada a oferecer, quando ele é um inútil e por isso você o ama tanto. Na hora que forem embora as suas utilidade, você vai saber o quanto é amado.
Tudo vai ser perdido, só espero que você não se perca. Enquanto você não se perder de si mesmo você será amado, pois o que você é significa muito mais do que você faz.
O convite da vida cristã é esse: que você possa ser mais do que você faz!"
Padre Fábio de Melo



Tenham todos uma semana
fantástica, repleta de
grandes realizações!


Related Posts with Thumbnails

RECOMENDO COM LOUVOR