Seguidores

sábado, 28 de maio de 2011

CONCLUSÕES FEMININAS SOBRE O HOMEM!!!


Recebi da minha irmã Odete e estou postando porque tem uns ítens realmente interessantes! É claro que não concordo com todos eles, por este motivo fiz umas observações em vermelho. Mas, de um modo geral acho que elas acertaram. Porém, gosto é gosto né?!
No entanto,  é apenas uma brincadeira divertida, pois, não é a aparência ou alguns aspectos exteriores que nos fazem gostar de alguém. Há também todo um envolvimento espiritual e uma misteriosa energia que acaba nos atraindo pelo sexo oposto! O tema é profundo e não vou me alongar aqui... Quero apenas descontrair o fim de semana!
Vamos ao texto:


Conclusões femininas - Utilidade Pública...


Uma revista feminina realizou recentemente em Angra do Reis (RJ), um seminário destinado às mulheres. 
Com duração de três dias, o encontro resultou nas seguintes conclusões abaixo: 


1- Cheiro bom de homem é...de homem! Um perfume cítrico e aquele cheiro de banho tomado também são ótimos. Mas evite extravagâncias. 


2- Hálito de bebidas alcoólicas excita (de uísque, vinho e champagne). De cerveja e pinga, não. ( Não concordo com este ítem) Fui casada com um alcóolatra e não posso nem sentir o cheiro de uísque...Alías, bebida nenhuma em excesso!!!!


3- Você pode ter o cabelo como quiser... desde que não seja tigela e nem PINTAR ou usar aquelas loções que propõe escurecê-los com o tempo... eca, aquilo fede (só homens não percebem) e mulher odeia! Você pode manter o cabelo limpo, mas nunca secá-lo com "escova". Você pode ser careca, as mulheres não ligam... Se você tem uma peruca, use-a no Natal, no presépio, como manjedoura do Menino Jesus! Mulheres vão adorar! Implantes de cabelo, jamais! Eles dispersam a atenção de uma mulher: ao invés de ouvir o que você diz, ficamos hipnotizadas pelos tufos na sua testa! (Perucas, implantes e afins é anti-tesão)


4- Não se atreva a esmaltar suas unhas ou tirar as cutículas. Corte-as, e lixe-as apenas. E, em ocasiões especiais, crave-as em nossas bundas! (exagero...)


5- Se você tem calos na palma da mão, cultive-os (temos sugestões edificantes a respeito!). São úteis para que gritemos na sua cara: 
"Vem, meu estivador, mostra quem manda aqui! " kkkk (Isso é para as taradas rsrs)

6- Admitimos que você tenha barriga, mas não que seja uma enorme barriga.(outro ítem que não concordo! Barriga???? Chega a minha!!!)


7- Pêlos no peito, gostamos. Em orifícios visíveis, como orelhas e nariz, pedimos clemência e tesourinha sem ponta!


8- Banho antes, sim. Logo depois, nunca! Algum tempo depois, hummmm... pode ser ! (Antes e depois sempre...durante nunca hahaha)


9- Escovar os dentes é obrigação. (Não escovar é sacrilégio!!!)


10- Máscaras de creme no rosto, só se você sofrer de micose ou for palhaço de circo. (sem comentários!!!)


11- Homens com músculos definidos nos parecem másculos. Homens musculosos demais nos parecem indefinidos. (Pra mim, músculos demais é sinal que o cara é impotente e quer compensar nos músculos!)


12- Há coisas que aterrorizam uma mulher: homens que usam cavanhaque, que usam camiseta regata, que usam shortinho bem curto para ir à padaria, e os que têm todos os discos dos grupos Abba ou Bárbara Streisand. (Com excessão da camiseta regata, o resto é se declarar fruta!)


13- Não se depile, a menos que: a sua mulher peça; você seja nadador; você seja masoquista.


14- Os homens bem arrumados e elegantes são os melhores de cama, comprovadamente. O resto só serve pra manutenção! (O resto nem pra manutenção...Tô fora!!!)


15- Reconhecemos um homem pelo sapato que ele usa: não se atreva a usar um mocassim de bico fino cor de gelo, ou meias brancas muito menos tenis branco encardido!


16- Dentes brancos e bem tratados vão bem, mas não a ponto de você mastigar de boca aberta ou mostrar sua higiene com palito de dente a céu aberto. 


17- Se você for meio esculhambado, usar meia amarela, cueca furada, botina velha e camisa amarrotada, seja ao menos um tipo sensível: saiba poemas de cor ou faça o tipo "cineasta atormentado" . (Nem sabendo todos os poemas do mundo de memória...tô fora!!!)


18- Na cama você pode fazer o que quiser, menos transar de meias sociais ou aquelas brancas ridículas! (huuuugh!!! sem comentários)


19- Nas roupas, prefira sempre o básico e elegante; (E que seja limpa!)


20- Não beba álcool demais, nem de menos. Abstêmios, hare krishnas, mórmons e adeptos do Pró-vida são tão assustadores quanto serial killers. (Ops! os adeptos do Pró-vida, desde que não sejam fanáticos, são excelentes! Posso confirmar!!!)


21- Se você nunca come carne vermelha, acabará não comendo amarela, negra e nem branca também. (Nada de radicalidade! Se não come porque não gosta, tudo bem, é sinal de evolução!)


23- Não tenha chulé. Se vira! (Isso merece pena de morte ou prisão perpétua)


24- E lembre-se: se você se olha demais no espelho, acabará encontrando alguém à sua imagem e semelhança, não uma mulher. (Já terminei um namoro por isso...O cara era amante dele mesmo...Então saí de cena!)





 Um fim de semana maravilhoso
a todos e, peço aos meus amigos
homens, que não me queiram mal!
Apenas estou repassando...E me 
divertindo...Façam o mesmo!!!



Photobucket

quinta-feira, 26 de maio de 2011

COMO ANDA A SUA ESCALA DE VALORES?


Lendo um texto que falava sobre a escala de valores dos seres humanos nos tempos atuais,  me vi refletindo sobre o assunto e sobre como nós, brasileiros, temos conduzido esta questão tão complexa. 
Muitas vezes em que estou assistindo TV, sou obrigada a mudar de canal, pois, o que eu ouço parece coisa de ficção e não de vida real! São programas e mais programas que, numa busca desesperada pela audiência, abordam assuntos delicados de maneira tão leviana que tudo fica parecendo normal e natural...
Por este motivo quero deixar aqui umas perguntas:



Como anda a sua escala de valores?
Ser imortal que você é tem buscado valorizar o que tem valor efetivo,
ou ainda tem dado importância às coisas efêmeras e fúteis?

Tem ocupado seu tempo com coisas úteis ao seu progresso intelectual e moral ou somente com as coisas passageiras, na busca de satisfações imediatas?

Esses questionamentos devem ser uma constante em nossas vidas, ou, pelo menos na vida daqueles que realmente anseiam por melhores dias.

Alguns de nós dedicamos muito tempo relembrando ou lamentando o passado. Ou, ainda, pensando no futuro próximo nos esquecemos de viver o presente. O momento atual.  O nosso hoje.
O passado deve nos servir de lição, de experiência, mas é passado e não pode ser modificado.
O futuro, esse sim, é construído agora, no momento atual. E não pode ser antecipado.

Por vezes, a sociedade tem se ocupado com coisas que não contribuem em nada e até são prejudiciais ao desenvolvimento do ser. O governo então, nem se fale!!! Ocupando-se de questões absolutamente ridículas, como o Kit Gay, um dos maiores absurdos que eu já ouvi falar!!! Também esperar o que de quem não tem princípios religiosos? Esperar o que de quem não teme um Poder Superior?

Exemplo disso, nós encontramos na mídia; Madre Teresa, que dedicou sua vida ao bem, fazendo das suas mãos uma extensão das mãos do Suave Rabi da Galiléia, atendendo os necessitados de Calcutá, dá menos ibope nos meios de comunicação, do que uma luta de boxe, por exemplo. Homens se esbofeteando ocupam os horários nobres nos telejornais, nas revistas e em outras mídias. São pagos milhões de dólares para vê-los esmurrarem-se mutuamente e ficamos satisfeitos. Apesar de ser uma coisa muito primitiva, assim como as touradas, as brigas de galos e coisas afins, ainda consegue entreter um grande número de  pessoas.

Cientistas que dedicam a vida inteira, comprometendo a saúde em busca de melhores dias para a humanidade, são desconhecidos, quase não se ouve falar deles.
Os piores traficantes, assassinos, sequestradores, esses sim, são notícia. Talvez esses venham a ser os ídolos dos nossos filhos, pois desses eles ouvem falar, e muito.
Políticos, falastrões, corruptos, analfabetos e que nada fizeram pelo país, recebem medalhas e comendas que me fazem corar de vergonha!!! 

Parece que estamos vivendo um tempo em que a incompetência e a mediocridade precisam ser exaltadas e condecoradas!!!!!!!

Desta forma, convido a todos para uma real reflexão sobre o que temos valorizado ultimamente, e sobre quais valores temos passado aos nossos filhos e aos nossos netos. Temos nos preocupado em passar a eles princípios morais e éticos? Ou simplesmente nos empenhamos em ganhar dinheiro para “comprar” o afeto deles?

Enquanto entrevistadores só perguntam inutilidades que nada acrescenta, e enquanto  pessoas vazias dão respostas tolas, quando entrevistadas...Vale a pena anotar essas pérolas de sabedoria de alguém que foi um exemplo de vida, comprometida com os mais nobres e duradouros valores. Alguém, que apesar de toda sua grandeza, nunca ganhou um Oscar, nunca foi condecorada com a medalha de Grã Cruz, entre outras: Madre Teresa de Calcutá, da qual sou grande admiradora, expressou um pouco da sua grande sabedoria, ao responder um pequeno questionário:

O dia mais belo?
Hoje.

A coisa mais fácil?
Errar.

O maior obstáculo?
O medo.

O maior  erro?
O abandono.

A raiz de todos os males?
O egoísmo.

A distração mais bela?
O trabalho.

A pior derrota?
O desânimo.

Os melhores professores?
As crianças.

A primeira necessidade?
Comunicar-se.

O que mais lhe faz feliz?
Ser útil aos outros.

O maior mistério?
A morte.

O pior defeito?
O mau humor.

A pessoa mais perigosa?
A mentirosa.

O pior sentimento?
O rancor.

O presente mais belo?
O perdão.

O mais imprescindível?
O lar.

A rota mais rápida?
O caminho certo.

Sensação mais agradável?
A paz interior.

A proteção efetiva?
O sorriso.

O melhor remédio?
O otimismo.

A força mais potente do mundo?
A fé.

As pessoas mais necessárias?
Os pais.

A mais bela de todas as coisas?
O amor.

 

Um dia, Jesus chamou-nos a atenção dizendo:
“porque onde estiver o teu tesouro,
aí estará também o teu coração.”
Nessa frase curta e profundamente filosófica, Jesus nos deu uma fórmula infalível de avaliar onde estão depositados nossos verdadeiros valores, que é onde nosso coração está empenhado.

Este texto foi inspirado em:
http://mensagensepoemas.uol.com.br




Photobucket

segunda-feira, 23 de maio de 2011

VIVA A VIDA!


Sem tempo para postar!!!
Virei ajudante de pedreiro, portanto, estou
trabalhando duro aqui em casa!!!
Deixo aqui um lindo texto para vocês
refletirem:


"VIVA A VIDA"

A vida é uma oportunidade, aproveite-a
A vida é beleza, admire-a
A vida é felicidade, deguste-a
A vida é um sonho, torne-realidade
A vida é um desafio, enfrente-o
A vida é um dever, cumpra-o
A vida é um jogo, jogue-o
A vida é preciosa, cuide dela
A vida é uma riqueza, conserve-a
A vida é amor, goze-o
A vida é um mistério, descubra-o
A vida é promessa, cumpra-a
A vida é tristeza, supere-a
A vida é um hino, cante-o
A vida é uma luta, aceite-a
A vida é uma aventura, arrisque-a
A vida é felicidade, mereça-a
A vida é vida, defende-a

(Madre Teresa)


BEIJOS E BOA SEMANA!

Photobucket

domingo, 22 de maio de 2011

SUTILEZA FEMININA ---- ESSA É PRA SE APLAUDIR DE PÉ

Um pouco de humor sempre é bom pra descontrair este domingo maravilhoso...Ainda mais pelo fato de termos sobrevivido ao "fim do mundo", anunciado para ontem às 11hks! Ufa!!! Escapamos por pouco, ou então estamos todos entre os "escolhidos" que não vão conhecer a morte?!!
Seja lá como for, desejo a todos um bom final de domingo e uma semana marvilhosa, cheia de paz e realizações!
Agradeço à amiga/parenta Jocilia que me mandou esta anedota:


Um homem telefona para a sua esposa e diz:
- Querida, o meu chefe convidou a mim e a alguns dos seus
amigos para irmos pescar num lago distante. Vamos ficar fora uma semana.
Esta é uma excelente oportunidade para eu conseguir a promoção que tenho esperado; por isso me prepare roupa suficiente para uma semana, e também a minha caixa de petrechos de pesca. Vamos partir diretamente daqui do escritório, e vou passar aí apenas para apanhar essas coisas.
- Ah... Por favor, coloque também o meu pijama novo, aquele de seda azul.
A mulher acha que isso soa um bocado estranho, mas atende ao pedido do marido.
No fim-de-semana seguinte, ele regressa da pescaria um tanto cansado; mas, fora isso, nada de anormal.
A mulher recebe-o com um beijo e pergunta-lhe se apanharam muitos peixes.
Ele responde:
- Sim! Muitos pargos, algumas garoupas e uns poucos carapaus. Mas, por que é que você não colocou o meu pijama de seda azul, tal como pedi?
A mulher apenas olha fixamente nos olhos dele e responde segura de si:
- Coloquei sim, querido! Coloquei-o dentro da caixa de petrechos de pesca.

*Moral da história:NUNCA DUVIDE DA CAPACIDADE DE RACIOCÍNIO DE UMA MULHER!!!

MULHER BURRA NASCE HOMEM....
PS: Apenas postei na íntegra!!! Não briguem comigo os homens, meus amigos...Vocês são uns queridos e muito, mas muito inteligentes mesmo, caso contrário não seriam meus amigos!!!

Boa semana
Muita paz
NAMASTÊ!!!



Photobucket

quarta-feira, 18 de maio de 2011

POLÊMICA OU IGNORÂNCIA?


Que a educação esteja agonizando ninguém duvida, basta ler um texto escrito por alguns adolescentes que isto fica evidente! Uma coisa é escrever, imprimindo uma certa oralidade no texto, outra é não ter noção alguma sobre qual letra usar...Sem contar que as preposições e os pronomes que  viraram artigo de luxo!
Marcos Bagno, professor e autor de vários livros de linguística, se pronunciou à respeito da polêmica do novo livro didático. E por ter lido várias de suas obras e o considerar um grande linguísta, deixo aqui um texto do mesmo para refletirmos sobre este assunto embaraçoso que está tomando conta da mídia.



"Para surpresa de ninguém, a coisa se repetiu. A grande imprensa brasileira mais uma vez exibiu sua ampla e larga ignorância a respeito do que se faz hoje no mundo acadêmico e no universo da educação no campo do ensino de língua.
Jornalistas desinformados abrem um livro didático, leem metade de meia páginae saem falando coisas que depõem sempre muito mais contra eles mesmos doque eles mesmos pensam (se é que pensam nisso, prepotentementeconvencidos que são, quase todos, de que detêm o absoluto poder da informação).
Polêmica? Por que polêmica, meus senhores e minhas senhoras? Já faz mais de quinze anos que os livros didáticos de língua portuguesa disponíveis no
mercado e avaliados e aprovados pelo Ministério da Educação abordam o tema da variação linguística e do seu tratamento em sala de aula. Não é coisa de
petista, fiquem tranquilas senhoras comentaristas políticas da televisão brasileira e seus colegas explanadores do óbvio.
Já no governo FHC, sob a gestão do ministro Paulo Renato, os livros didáticos de português avaliados pelo MEC começavam a abordar os fenômenos da
variação linguística, o caráter inevitavelmente heterogêneo de qualquer língua viva falada no mundo, a mudança irreprimível que transformou, tem
transformado, transforma e transformará qualquer idioma usado por uma comunidade humana. Somente com uma abordagem assim as alunas e os
alunos provenientes das chamadas 'classes populares' poderão se reconhecer no material didático e não se sentir alvo de zombaria e preconceito. E, é claro,
com a chegada ao magistério de docentes provenientes cada vez mais dessas mesmas 'classes populares', esses mesmos profissionais entenderão que seu
modo de falar, e o de seus aprendizes, não é feio, nem errado, nem tosco, é apenas uma língua diferente daquela – devidamente fossilizada e conservada
em formol – que a tradição normativa tenta preservar a ferro e fogo, principalmente nos últimos tempos, com a chegada aos novos meios de
comunicação de pseudoespecialistas que, amparados em tecnologias inovadoras, tentam vender um peixe gramatiqueiro para lá de podre.
Enquanto não se reconhecer a especificidade do português brasileiro dentro doconjunto de línguas derivadas do português quinhentista transplantados para as colônias, enquanto não se reconhecer que o português brasileiro é uma língua em si, com gramática própria, diferente da do português europeu, teremos de conviver com essas situações no mínimo patéticas.
A principal característica dos discursos marcadamente ideologizados (sejam eles da direita ou da esquerda) é a impossibilidade de ver as coisas em
perspectiva contínua, em redes complexas de elementos que se cruzam e entrecruzam, em ciclos constantes. Nesses discursos só existe o preto e o
branco, o masculino e o feminino, o mocinho e o bandido, o certo e o errado e por aí vai.
Darwin nunca disse em nenhum lugar de seus escritos que 'o homem vem do macaco'. Ele disse, sim, que humanos e demais primatas deviam ter se
originado de um ancestral comum. Mas essa visão mais sofisticada não interessava ao fundamentalismo religioso que precisava de um lema distorcido
como 'o homem vem do macaco' para empreender sua campanha obscurantista, que permanece em voga até hoje (inclusive no discurso da
candidata azul disfarçada de verde à presidência da República no ano passado).
Da mesma forma, nenhum linguista sério, brasileiro ou estrangeiro, jamais disse ou escreveu que os estudantes usuários de variedades linguísticas mais
distantes das normas urbanas de prestígio deveriam permanecer ali, fechados em sua comunidade, em sua cultura e em sua língua. O que esses profissionais vêm tentando fazer as pessoas entenderem é que defender uma coisa nãosignifica automaticamente combater a outra. Defender o respeito à variedade linguística dos estudantes não significa que não cabe à escola introduzi-los aomundo da cultura letrada e aos discursos que ela aciona. Cabe à escola ensinar aos alunos o que eles não sabem! Parece óbvio, mas é preciso repetir isso a todo momento.
Não é preciso ensinar nenhum brasileiro a dizer 'isso é para mim tomar?', porque essa regra gramatical (sim, caros leigos, é uma regra gramatical) já faz
parte da língua materna de 99% dos nossos compatriotas. O que é preciso ensinar é a forma 'isso é para eu tomar?', porque ela não faz parte da
gramática da maioria dos falantes de português brasileiro, mas por ainda servir de arame farpado entre os que falam 'certo' e os que falam 'errado', é
dever da escola apresentar essa outra regra aos alunos, de modo que eles – se julgarem pertinente, adequado e necessário – possam vir a usá-la
TAMBÉM. 
O problema da ideologia purista é esse também. Seus defensores não conseguem admitir que tanto faz dizer assisti o filme quanto assiti ao filme,
que a palavra óculos pode ser usada tanto no singular (o óculos, como dizem 101% dos brasileiros) quanto no plural (os óculos, como dizem dois ou três
gatos pingados)".
O mais divertido (para mim, pelo menos, talvez por um pouco de masoquismo) é ver os mesmos defensores da suposta 'língua certa', no exato momento em que a defendem, empregar regras linguísticas que a tradição normativa que eles acham que defendem rejeitaria imediatamente. Pois ontem, vendo o Jornal das Dez, da GloboNews, ouvi da boca do sr. Carlos Monforte essa deliciosa pergunta: 'Como é que fica então as concordâncias?'. Ora, sr. Monforte, eu lhe
devolvo a pergunta: “E as concordâncias, como é que ficam então?


Marcos Bagno
Universidade de Brasília




Agradeço a minha irmã Odete que me enviou a matéria!

Odete Dan
 
 



Se alguém estiver interessado, um livro do Bagno muito bom e interessante é:
A LÍNGUA DE EULÁLIA
Não se trata de um livro técnico, mas sim de um romance, que ensina certos aspectos da oralidade, etc.




Photobucket

terça-feira, 17 de maio de 2011

PROFESSORES CHORANDO SOBRE O LEITE DERRAMADO!



Minha irmã é Assistente Social da ESEBA em Uberlândia, onde os professores estão em greve por melhores condições de trabalho, falta de professores, etc. Ela me mandou a seguinte nota, acompanhada de uma carta que postarei também, para que todos entendam a triste situação destes profissionais do ensino e o DESCASO do governo com este assunto:


"A Professora retrata muito bem a situação que é a mesma nossa na Eseba. continuamos paralizados até quarta-feira, quando vamos deliberar se continuamos ou não e se voltamos, que jeito voltaremos sem os 5 professores. Em Julho vencerão outros contratos e ficaremos sem 21 professores" (Odete)



NOTÍCIAS DO RIO :Reproduzimos abaixo o brilhante texto da professora Carla, publicado em seu perfil do FB. No nosso entendimento ele diz extamente o que se passou nessas três semanas de greve e como nos sentimos. 


A greve do CAp acabou! Voltamos às aulas, mas durante essas duas semanas NUNCA PARAMOS DE TRABALHAR. Nossas ações: diversas idas à reitora, passeatas, ato-shows, negociações em Brasília, e-mails para parlamentares, reuniões com os pais. 


Fizemos TUDO o que estava ao nosso alcance para conseguirmos algo mínimo, mas justo: Regularização dos contraratos de 28 professores substituos que participaram de seleção pública, com seus nomes publicados no DOU. Foi um absurdo termos que partir para a Greve, para lutarmos por algo que tínhamos direito! Nossos ganhos: Das dezenas de parlamentares e autoridades que mandamos e-mails, apenas o Deputado Chico Alencar se manifestou com um pronunciamento na câmara dos deputados, conseguimos apoio de algumas unidades da UFRJ: Faculdade de Educação, Escola de Serviço Social, Instituto de Biologia e da maior instância deliberativa da UFRJ: O CONSUNI. Conseguimios alguma visibilidade na mídia e, finalmente, conseguimos que os 28 professores fossem pagos pelo reitor, mas de uma forma muito precarizada. Mas, mesmo assim, resolvemos sair da greve: Analisamos que o pedido justo que fizemos não seria atendido tão cedo! Retirada estratégica! O MPOG continua insensível ao nosso pedido: Os SIAPES desses 28 professores continuam "trancados" e , para acrescentar, uma pitada de "crueldade" responsabilizou a UFRJ por ter contratado esses professores de uma forma "irregular", pois passou por cima de uma Medida Provisória. Ou seja. disse: Vocês é que se entendam! Briguem entre si, que ficaremos aqui rindo de camarote! Acontece que nesse momento temos que conseguir mais apoio da UFRJ para "combater" uma minuta de portaria que, entre outras medidas absurdas, deixa a entender, de forma muito sutil, sua intenção em municipalizar os CAps. Táticas militares sendo usadas pelo governo: "Vamos deixar os inimigos brigarem entre si, eles se enfraquecem e depois vamos conseguir o que queremos: Nossa minuta será aceita" (Risos maquiavélicos) Só que nós do CAp-UFRJ já entendemos essa tática e não cairemos nessa armadilha. 
Nossa saída da greve foi estratégica. De tanto sofrer ataques dessas medidas maldosas do governo, estamos aprimorando nossas técnicas de combate a essas injustiças e vamos continuar lutando!!! 
Para finalizar: Fiquei sabendo que cada parlamentar recebe do governo R$ 3.000,00 de auxílio moradia. Também soube que foram gastos cerca de 40.000 reais por apartamento funcional reformado para os parlamentares "sem teto" poderem morar em Brasília. Que bonito!! 
Se qualquer funcionário público concursado for transferido de local de trabalho, não recebe nenhum "auxílio moradia". 
Não sei quanto é o salário de um deputado, mas creio que deve ser suficiente para pagar um aluguel em Brasília. Tendo em vista essas considerações e fazendo o cálculo de que o salário de um professor substituto gira em torno de 1.500 reais.
Minha proposta é a seguinte: Troque o auxílio moradia de 1 parlamentar por 2 salários de professor substitutos. 14 deputados podem viver muito bem pagando o seu aluguel com o dinheiro do seu salário (Não é isso que todos nós fazemos???). 
Assim 28 professores podem trabalhar de forma tranqüila, sabendo que suas contas, inclusive o aluguel, poderão ser pagos em dia. Proposta justa, não acham????" 
Por: (Céli Palacios)


Greve na ESEBA - http://esebaativa.blogspot.com/2011/05/paralisacao-dos-professores-da-escola.html


Por outro lado quero fazer o meu comentário à respeito: 
Não devemos NUNCA nos esquecer de que 99% dos professores são petistas e fizeram a cabeça dos alunos para CONTINUAR com esse governo de M...
Prometeram a eles aumento e uma série de regalias e eles acreditaram!!! Agora estão chorando sobre o leite derramado??? 




Photobucket

domingo, 15 de maio de 2011

EM HOMENAGEM AO DIA MUNDIAL DA FAMÍLIA!


Mensagem à família

Na educação de nossos filhos
Todo exagero é negativo.
Responda-lhe, não o instrua.
Proteja-o, não o cubra.
Ajude-o, não o substitua.
Abrigue-o, não o esconda.
Ame-o, não o idolatre.
Acompanhe-o, não o leve.
Mostre-lhe o perigo, não o atemorize.
Inclua-o, não o isole.
Alimente suas esperanças, não as descarte.
Não exija que seja o melhor, peça-lhe para ser bom e dê exemplo.
Não o mime em demasia, rodeie-o de amor.
Não o mande estudar, prepare-lhe um clima de estudo.
Não fabrique um castelo para ele, vivam todos com naturalidade.
Não lhe ensine a ser, seja você como quer que ele seja.
Não lhe dedique a vida, vivam todos.
Lembre-se de que seu filho não o escuta, ele o olha.
E, finalmente, quando a gaiola do canário se quebrar, não compre outra...
Ensina-lhe a viver sem portas.

(Eugênia Puebla)




Uma excelente semana à todos!!!

Photobucket

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Eu sei que a gente se acostuma. Mas não devia.

Um texto emocionante de Marina Colassanti, para refletirmos nossos reais valores. 
Há um clima muito perigoso no ar...Eu não tenho bons pressentimentos...Estão tentando banalizar a moral, a ética e os bons costumes...Essa onda de permissividade não é boa, nem pra nós, nem pra nossos filhos! Vamos lembrar do que disse o Apóstolo Paulo de Tarso "Nem tudo que me é lícito é permitido!"
As leis dos homens estão passando em cima de princípios morais muito sérios e com isso não se brinca. Portanto, não vamos nos acostumar e achar que absolutamente TUDO é normal e natural!


"A gente se acostuma a morar em apartamento de fundos e não ver vista que não sejam as janelas ao redor. E porque não tem vista logo se acostuma a não olhar para fora. E porque não olha para fora, logo se acostuma e não abrir de todo as cortinas. E porque não abre as cortinas, logo se acostuma a acender mais cedo a luz. E, à medida que se acostuma, se esquece do sol, se esquece do ar, esquece da amplidão.

A gente se acostuma a acordar sobressaltado porque está na hora. A tomar café correndo porque está atrasado. A ler o jornal no ônibus porque não pode perder tempo. A comer sanduíche porque não dá para almoçar. A sair do trabalho porque já é noite. A cochilar no ônibus porque está cansado. A deitar cedo e dormir pesado sem ter vivido o dia.

A gente se acostuma a abrir o jornal e a ler sobre a guerra. E aceitando a guerra, aceita os mortos e que haja números para os mortos. E aceitando os números, aceita não acreditar nas negociações de paz. E não aceitando as negociações de paz, aceitar ler todo dia de guerra, dos números, da longa duração.

A gente se acostuma a esperar o dia inteiro e ouvir no telefone: “hoje não posso ir”. A sorrir para as pessoas sem receber um sorriso de volta. A ser ignorado quando precisa tanto ser visto. 

A gente se acostuma a pagar por tudo o que se deseja e necessita. E a lutar para ganhar com que pagar. E a ganhar menos do que precisa. E a fazer fila para pagar. E a pagar mais do que as coisas valem. E a saber que cada vez pagará mais. E a procurar mais trabalho, para ganhar mais dinheiro, para ter com que pagar nas filas em que se cobra. 

A gente se acostuma a andar nas ruas e ver cartazes. A abrir as revistas e ler artigos. A ligar a televisão e assistir comerciais. A ir ao cinema e engolir publicidade. A ser instigado, conduzido, desnorteado, lançado na infindável catarata dos produtos. 

A gente se acostuma à poluição, às salas fechadas de ar condicionado e ao cheiro de cigarros. À luz artificial de ligeiro tremor. Ao choque que os olhos levam à luz natural. Às bactérias de água potável. À contaminação da água do mar. À morte lenta dos rios. Se acostuma a não ouvir passarinhos, a não ter galo de madrugada, a não colher fruta no pé, a não ter sequer uma planta por perto. 

A gente se acostuma a coisas demais para não sofrer. Em doses pequenas, tentando não perceber, vai afastando uma dor aqui, um ressentimento ali, uma revolta lá.
Se o cinema está cheio, a gente senta na primeira fila e torce um pouco o pescoço. Se a praia está contaminada, a gente só molha os pés e sua o resto do corpo. Se o trabalho está duro, a gente se consola pensando no fim de semana. E se no fim de semana não há muito que fazer, a gente vai dormir cedo e ainda fica satisfeito porque tem muito sono atrasado.

A gente se acostuma a não falar na aspereza para preservar a pele. Se acostuma para evitar sangramentos, para esquivar-se da faca e da baioneta, para poupar o peito.

A gente se acostuma para poupar a vida.

Que aos poucos se gasta, e que, de tanto acostumar, se perde de si mesma".  



JAMAIS SE PERMITA ACOSTUMAR
COM COISAS IMORAIS....
NÃO PODEMOS DESISTIR JAMAIS!!!
MORALIDADE JÁ!!!



Photobucket

segunda-feira, 9 de maio de 2011

É PRECISO SABER VIVER!


"É preciso viver o sonho e a certeza de que tudo vai mudar. É necessário abrir os olhos e perceber que os desejos não precisam de razão, nem os sentimentos, de motivos".

Aquele que diz "não tem mais jeito..." Já morreu e não sabe! Enquanto houver vida há esperança! 

Aquele que diz "eu prefiro conviver com os animais ao invés de seres humanos", revela uma grande dificuldade de viver, porque só quer ser compreendido, mas não se esforça para compreender ninguém. Pessoas assim são problemáticas e solitárias e vivem culpando todo mundo pela sua amargura de viver. Melhor seria se assumissem a responsabilidade pelos seus atos e deixassem de viver lamentando seus infortúnios. 

Ninguém tem culpa pelo seu constante mau humor. Nem pode ser culpado pela sua incapacidade de amar. O mínimo que se pode fazer, neste caso, é "crescer" e começar a amadurecer antes que seja tarde demais. Antes que só te reste um cachorro pra te fazer companhia. 

Que tal um pouco menos de prepotência, de egoísmo e falta de compaixão? Viva e deixe viver! 

A vida pode ser muito bela se você estiver disposto a enxerga-la colorida! 

Comece agradecendo todos os dias pela oportunidade que Deus te concedeu de estar aqui para evoluir e virar Gente Grande!!! 

Uma ótima semana
cheia de paz e de
alegria de viver!!!





Photobucket

sábado, 7 de maio de 2011

Minha homenagem a todas as mães do Universo, inclusive à minha: D. Elvira!

 

Mãe

Mãe vai muito além daquilo que se imagina...
Só quando se é mãe é que se compreende o que é “ser mãe”...
Mãe, mesmo quando erra está certa, porque tudo o que faz é por amor!
Mesmo porque, mãe não erra, mãe arrisca.
Mãe não dorme, mãe cochila. Mãe não tem razão, tem coração!
Mãe não raciocina, mãe protege. Mãe não odeia, mãe é perdão!
Só quando me tornei mãe pude compreender tudo isso...
Mãe, ao mesmo tempo em que repreende, afaga!
O coração de mãe é um abismo que não tem fim...
Mas dentro do coração de uma mãe, um filho só encontra amor!
Mãe é única e múltipla, pois, pensa sempre em dupla...
Uma por ela, outra pelo filho dela...
Eu não sei quanto a vocês, mas...
A comida de minha mãe é a mais cheirosa,
Os braços de minha mãe tem mais calor,
O colo de minha mãe é mais macio,
A voz de minha mãe tem mais ternura,
O beijo de minha mãe é o mais doce...
O amor de mãe é como um combustível,
Para nos colocar em movimento na estrada da vida...
Mãe sabe TUDO, inclusive o que você esconde!
Mãe ouve TUDO, até o que você não diz...
Mãe pode perceber TUDO, até a voz do silêncio!
Mão advinha TUDO, até seus pensamentos mais ocultos...
Mãe encontra sempre a palavra mais certa, nos momentos incertos...
Se mãe tivesse que ser sintetizada até chegar a uma única palavra,
Esta palavra seria unicamente AMOR!!!

 MÃE EU TE AMO!!!



Photobucket
Related Posts with Thumbnails

RECOMENDO COM LOUVOR