Seguidores

sexta-feira, 18 de março de 2011

O DOCE VENENO DA SATISFAÇÃO!!!


Não vi o filme da Bruna Surfistinha, mas li os comentários dos críticos e de algumas amigas que foram assistir. Mesmo assim, fica difícil fazer um juízo de valor. Mas, lendo a matéria de Arnaldo Jabor, sobre o assunto, fico imaginando se filmes como este não seria uma apologia à prostituição...
Creio que na época contemporânea muitas coisas mudaram como diz Jabor, e uma delas, se compararmos com o passado, são as causas que levam uma mulher a se prostituir. Antes, com a tabu da virgindade, os motivos giravam em torno disto. A garota era expulsa de casa por estar grávida, ou então era abandonada pelo rapaz depois do ato sexual. Isto era um crime inafiançável no seio de famílias tradicionais e ignorantes.  Hoje que este tabu não existe mais, os motivos, na minha opinião, são três basicamente: GANÂNCIA, PREGUIÇA E PERMISSIVIDADE. Eu diria que este é o tripé em torno do qual giram outros motivos secundários.
Hoje, para um grande número de pessoas, o dinheiro fala mais alto que qualquer princípio moral, e muitas famílias, ao invés de expulsarem suas filhas “defloradas”, dão a elas um pequeno "empurrãozinho" em troca de um maior conforto no lar. Tudo é permitido, desde que renda algum lucro para o bem comum...Nas novelas, nas crônicas e nos filmes, as prostitutas viram heroínas com direito a um final feliz! Tudo é normal, desde que muito bem justificado $$$$.
Outro aspecto que mudou é que a prostituição não gira mais somente em torno do universo feminino. Os homens também aderiram à prática, com muito mais intensidade, visto que são mais livres de preconceitos, e a libido masculina é totalmente desligada da área sentimental. Sem contar com o fato de que, a grande maioria deles, “prestam seus serviços” aos dois gêneros sem qualquer preocupação!  
Quanto às pessoas (clientes) que procuram estes favores remunerados, as diferenças com as épocas passadas tornam-se ainda maiores. Antes, era inconcebível uma mulher pagar por um garoto de programa. Hoje algumas fazem isto com a maior tranquilidade!  Mas para descrever melhor essa comparação dos que pagam pela satisfação sexual, nada melhor que transcrever um trecho da crônica do Jabor:

“Antigamente, ia-se ao bordel em busca de ilusões. O homem queria se sentir um sultão no harém. O putanheiro era o "sujeito" do lupanar. Hoje, ele é o "objeto". Há um vento gelado nos bordéis atuais - limpos, rápidos e eficientes como uma lanchonete. Há algo de enfermeira ou psicóloga na moderna "cocote". Há algo de McDonald"s nos puteiros de hoje”.

Hoje inclusive, a palavra prostituta, é metaforizada por “acompanhante” ou então “modelo”... E como diz o Jabor: “Esse papo da Pretty Woman já era; elas não sonham com algum babaca romântico que lhes dê a mão; muitas são até bem casadas e ajudam os maridos”. 
É a era do “pode tudo”, permitida pela inversão dos valores morais da sociedade em que vivemos. Evolução dos tempos! E prossegue Jabor:


“Trata-se de um teatro a dois, onde as gargalhadas, os gozos fingidos escondem o drama, a dor, a realidade. Os putanheiros não querem saber da realidade. Assim, escondem de si mesmos o constrangimento da situação, com mentiras consentidas, como se fosse possível o encontro feliz entre classes sociais. Para eles, a prostituta é uma utopia, a prostituta é o socialismo”.

O assunto é polemico e pode gerar páginas e mais páginas de discussões. Minha intenção não é julgar o certo e o errado, pois, como disse a Debora Seco em entrevista sobre o filme, depois que ela mergulhou no personagem e conheceu de perto esse comércio dos prazeres, ela jamais se permitirá julgar alguém que seja. E ela disse uma frase que ficou ecoando em minha mente:

As pessoas são o que são não porque querem, mas porque não conseguem ser de outro jeito”

Quem quiser ler a matéria do Arnaldo Jabor na íntegra é só clicar no link abaixo:
http://domingoamigo.blogspot.com/2011/03/o-tema-de-hoje-e-proximos-30-dias-no.html - O DOCE VENENO DO PECADO -Arnaldo Jabor - O Estado de S.Paulo. 



Beijos carinhosos e
um doce final de
semana!!!

3 comentários:

Eduardo P.L disse...

Obrigado pelo link! Esta convidada a escrever no NOSSO Sociedade Anônima!

Vivian disse...

Olá amiga!!

Só você para escrever sobre este assunto polêmico,com sutileza e opinião!!Gostei muito do texto!!
Pra mim este tipo de filme é fazer propaganda!!Já não basta tudo de ruim que temos por ai, os cineastas ainda querem promover a prostituição??!!
Precisamos fazer propaganda sobre cultura!!Que valorize os valores!!
Que mostre bons exemplos!!De quem lutou e venceu!!
Enquanto os ídolos no Brasil, forem os BBBs da vida, as garotas de programas,etc...não vamos chegar a lugar nenhum!!
Quero uma nação EDUCADA, CULTA de Valores e Caráter!!
É minha opinião...
Beijos!!
Bom final de semana!!
***Amanhã é nosso dia!!!
PARABÉNS MINHA QUERIDA!!
Sabe que te admiro muito!!!
Obrigada!!

Sônia Silvino disse...

Eu tenho guardado nos meus rascunhos esse texto do Jabor: muito bom!
Beijocas, amiga!!!

Related Posts with Thumbnails

RECOMENDO COM LOUVOR