Seguidores

sábado, 14 de novembro de 2015

ELA SORRI PRA VIDA E A VIDA SORRI DE VOLTA!


Olá gente linda!
Espero que todos estejam bem, dentro do possível.
Eu estou seguindo minha vida, um dia de cada vez...Procurando sempre olhar o lado positivo das coisas. É uma missão quase que impossível, diante de tantos sofrimentos pelos quais o mundo está passando, mas se eu me deixar levar por esta onda de pessimismo tudo ficará ainda mais pesado do que já é. Tenho visto cada vez menos TV (noticiários) e cada vez mais me dedicando as boas leituras.
É óbvio que tragédias como as de Mariana/MG e Paris/França me deixam consternada, porém, após orar por todos eles, me desligo um pouco para não cair nas malhas do pessimismo que as mídias transmitem incessantemente.
Hoje escolhi um texto retrata aquilo que seria uma mulher ideal...

"Meio maluca, ás vezes. Não está nem aí para o que vão pensar de suas atitudes, se for para pular de um penhasco, ela pulará. E for pra ficar em casa assistindo filme, enquanto seus amigos vão pra balada, ela ficará.
Ela é assim, imediatista vive tudo o que a vida proporciona.
Não liga para o que terá que enfrentar pra alcançar seu objetivo, o importante é alcançar. E quando consegue, a vida fica de pé para parabeniza- lá. É como se fosse uma troca de favores, ela sorri pra vida e a vida sorri de volta.

Ela é daquelas que tem uma coragem absurda, nunca abre mão do quer. E quer, quer muito. Acredita como se fosse o último acontecimento de sua existência. Grita, bate o pé, chora, fica triste, mas não desisti. Sabe como é o nome disso? Uns dizem manha, outros que é coisa de menina mimada, eu prefiro acreditar que é fé. Fé na vida. Ela é dessas que carrega um potinho de fé pra onde que vai. É que ela tem fé que vai conseguir, acredita que uma hora a vida vai sorrir. Deve ser por isso que a vida sempre sorri de volta.

Ela é daquelas que tem um amor que não cabe em si, por isso nunca desistiu do amor. Faz parte da personalidade, mas que personalidade é essa que aguenta todas as rasteiras da vida e do amor? Ela aguenta, no inicio diz que nunca mais, chora horrores, depois se veste de uma carapuça dura e fria e fala que o amor realmente não existe. Papo pra boi dormir, logo lá está ela, de novo no amor.
Ela é daquelas que se entrega, por isso sempre quebra a cara. Volta pra casa como se tivesse batido a cara num poste, mas logo passa e está lá ela de novo: pronta para mais um acidente. Ela é daquelas que não desiste e acredita no amor.

Ela sabe, que por mais que demore, que por mais que ela tenha que quebrar muito a cara, um dia o amor vai sorrir de volta. É que nem regar uma flor, a gente aduba, rega, todo dia dá uma atenção especial pra ver como anda o crescimento, vê se algum galhinho sobreviveu a tempestade do dia anterior e cuida, diariamente. Tudo isso pra ela florescer. E quando floresce, lá fica ela: grande, linda e dando bom dia para o sol. Assim é o amor e é nisso que ela acredita.

Ela é daquelas que quando não consegue algo, chora. Viu só o quanto ela chora? Não é manha não, é medo. Medo de não conseguir, de não ser. Ela tem essa mania de querer de ser a melhor em tudo. Não é egoísmo, é só uma maneira de provar pra si mesma que é capaz. Lembra quando eu disse que ela enfrenta tudo e se entrega? Não é só no amor, é na vida. Ela se entrega para as dificuldades, as enfrentam, mesmo que no final ela tenha que sair toda ensanguentada. Mania de se entregar de corpo, alma e mente pra tudo, entende?

Por isso digo, se um dia você encontrar uma pessoa leve, de bem com a vida, livre, sorrindo a toa, que só de você chegar perto já se sente bem e renovado, ou se você encontrar pelas ruas uma pessoa que não esteja de cara fechada, que não esteja andando as presas e que transmita paz só de olhá-la, pode ter certeza, ela é daquelas que sorri pra vida, na esperança dela sorrir de volta."
_____________
Por: Ana Batista de Barros – Via Blog: Literatura Amarga



Beijos carinhosos!




 photo 36bef642.gif

21 comentários:

Ana Freire disse...

Também aqui deste lado, ainda um pouco à toa, digerindo os acontecimentos dramáticos em França... aqui bem mais próximos, deste lado...
Bem precisamos de textos assim... que nos falem de amor... de vida... e das muitas vantagens, para nós mesmos, e para quem nos rodeia, em sabermos estar de bem com a vida... infelizmente... por vezes, tudo dependerá das circunstâncias de cada um... da sua personalidade... factores culturais... económicos... enfim, um sem número de factores...
Mas sem dúvida... quem aprende a relativizar tudo isso... tem sempre a vantagem de ver a vida, e da vida se lhe apresentar de uma forma bem mais leve!... No fundo, é tudo uma questão de perspectiva... que a própria vida nos vai ensinando a apurar... com as suas lições...
E que saibamos fazer de cada dia... o melhor de todos os nossos dias...
Como sempre, uma excelente partilha, por aqui...
Beijos, Marineide! Um bom final de semana!
Ana

Tetê disse...

É verdade Marineide, diante das tragédias temos que rezar pelos que sofrem e, se há possibilidade de ajuda concreta, ajudar. É a parte que cabe a nós! De nada adianta ficar vendo e revendo imagens ruins de braços cruzados! Bjks e uma semana repleta de bençãos! Tetê

Vera Lúcia disse...


Olá Marineide,

De fato, está difícil manter o otimismo dentro do quadro atual de tragédias que assolam por toda parte. Contudo, deixar-se levar pelo desalento não vai resolver nada e ainda vai comprometer o nosso equilíbrio. Como você, oro por todos, notadamente pelas famílias em sofrimento, e procuro acreditar que tudo vai passar e que dias melhores virão para todos. Estamos passando por um período de transição e é preciso muita fé e oração. Que a luz Divina envolva a todos, principalmente aqueles que dão causa a tanta dor.

O texto é gostoso de ler. Pessoas leves e de bem com a vida são repousantes e é sempre um prazer cruzar com elas pelos caminhos da vida. E, por força da lei da atração, sorrisos atraem sorrisos e a vida costuma ser generosa quando lhe sorrimos.

Ótima semana.

Beijo.

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, não podemos ficar a leste do que se passa no mundo, infelizmente as más noticias são em maior numero do que as boas, votos de boas leituras.
AG

Clau disse...

Oi Marineide,
Você está certíssima,
não é necessário se alienar das notícias,
todavia,não adianta cultivar o pessimismo.
A maioria das informações nunca são animadoras,
mas o otimismo, deve prevalecer!
Olha, muito boa a escolha do texto, gostei mesmo!
Beijos :)

Sinval Santos da Silveira disse...

Oi, Marineide, boa noite !
A tua forma de ver a vida, é um ótimo
mecanismo de defesa contra as maldades
que nos rondam.
Parabéns pela salutar iniciativa.
Um carinhoso abraço, querida.
Olha, passei a te seguir.
Sinval.

Pedro Luso disse...

Olá Marineide.
Concordo com você: no nosso dia-a-dia devemos fazer aquilo que faz bem ao nosso espírito e não no que é modismo. E como importamos muito pouco aos outros, melhor será concentrarmo-nos em nós próprios, em tudo que possa ser útil e dar-nos paz. Esse caminho trará ganhos e diminuirá perdas. Parabéns pelo texto.
Abraços

MARILENE disse...

Essas são pessoas que nos fazem esquecer o significado de pessimismo, principalmente nos dias atuais. Pessoas que creem, que não desanimam, que são abertas aos sentimentos e não se importam se, poe vezes, eles trazem sofrimento. Uma ótima postagem. Bjs.

Edumanes disse...

Ela sorri pra vida.
e a vida sorri de volta
desde que não seja sofrida
toda a gente dela gosta!

O terror anda pelo mundo à solta,
por onde passa vai deixando moça
só podem ser coisas de gente louca
para matar, de morrer não se importa!

Tenha um bom dia de quarta-feira, uma Marineide, um abraço.
Eduardo.

Graça Pires disse...

Precisamos de pessoas, assim, que acreditam na vida...
Beijo.

Arroz Di Leite disse...

Olá Marineide,

passei para lhe desejar um lindo final de dia!!

Bjs

Tânia Camargo

Maria Rodrigues disse...

É importante estarmos de bem com a vida.
Beijinhos
Maria

Jaime Portela disse...

Não é nada fácil esquecer algumas tragédias, pelo menos as mais recentes.
O texto que publicou da Ana Batista é muito interessante. Obrigado pela partilha.
Tenha um bom fim de semana, minha querida amiga Marineide.
Abraço.

Zilani Célia disse...

OI MARINEIDE!
SÃO REALMENTE PESSOAS ESPECIAIS E ELAS EXISTEM, ALGUMAS VEZES NOS DEPARAMOS COM ALGUMA E QUANDO NOS OLHAM E SORRIEM SENTIMOS TODA ESTA ENERGIA DE PAZ QUE EMANA DELAS.
UM BELO TEXTO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Tais Luso disse...

Olha, Marineide, vejo alguns noticiosos, jornais... mas de forma nenhuma me abato. Lamento e sinto, sim, como todos, mas sigo a vida. Não saberia ficar longe do que está acontecendo, de ver tanta cara de pau, tanta gente dissimulada, enfim, não saber o que anda acontecendo no nosso país e no mundo não é do meu feitio. Sou do tipo um pouco participativa. Tenho de estar por dentro da notícia - o que até concordo não ser muito bom. Mas nessas alturas, é difícil mudar. Não dá para fugir de tanta coisa!
Beijo, amiga, carinho daqui pra você!

Manuel disse...

Hola Marineide. Me ha impactado mucho el grave accidente en Minas de Gerais, ya que apenas a 10 kilómetros de donde vivo, tuvimos hace unos años algo parecido que fue la rotura de una balsa de residuos, en las minas de Aznalcollar. Aquí no hubo víctimas pero el desastre ecológico es de grandes proporciones, llegando la contaminación hasta el Coto de Doñana. La empresa Minera desapareció, y se tuvieron que hacer cargo de los daños las autoridades andaluzas. En este caso actuaron bastante bien y rápido, pero lo que es seguro que a pesar de los esfuerzos, vamos a tener la zona con restos de contaminación durante varias décadas.
Mi solidaridad con las familias de las víctimas. Y continuad en vuestra lucha, ya que por desgracia a veces es la única forma de que las autoridades actúen.
Muy bonita tu entrada.
Un abrazo.

As Mulheres 4estacoes disse...

Notícias ruins existem, mas devemos procurar nos alimentar das coisas boas que existem,mas não são tão divulgadas.
Ao tomar conhecimento de tragédias como essas, procuremos fazer uma oração, vibrar um pensamento positivo.
Abraços.

ONG ALERTA disse...

Verdade precisamos buscar a simplicidade da vida ... Com leveza Bjbj Lisette.

Existe Sempre Um Lugar disse...

Votos de Feliz Natal
AG

Poções de Arte disse...

Bom dia, Marineide!
Temos que ser assim... a vida tem suas tristezas e dores, mas de nada adianta fazer disso chamariz (há muito tempo deixei de acompanhar telejornais, pois acho que focam demais em desgraça e esquecem de mostrar, também, tantas coisas boas que acontecem diariamente no mundo).
O texto que nos deixou é muito bom. Temos que seguir, na simplicidade e orando uns pelos outros. A vida sempre nos sorrirá e viveremos melhor.

Que Deus te abençoe e se eu não passar por aqui antes do Natal, desejo a você e sua família, Boas Festas, regada por chuvas de bênçãos.
Abraços esmagadores.

Vivian disse...

Oi, Marineide!!

Olho pouquíssimo a tv hoje em dia...exatamente por isso.
Ficar triste, reclamar, ficar preocupada só vai acrescentar mais negatividade no mundo. E disso ele está cheio!
Belo texto que escolheste!
Beijos e meu carinho!

Related Posts with Thumbnails

RECOMENDO COM LOUVOR