Seguidores

terça-feira, 13 de outubro de 2015

VEJAMOS O LADO BOM DA VIDA...


Oi gente linda!
Desculpem a demora para postar mas foram muitos os acontecimentos que me levaram a me afastar um tempo da blogosfera.
Meu cunhado que estava em estado terminal (cancêr) a um ano, faleceu dia 15 de setembro. Descansou e, finalmente, creio que parou de tanto sofrer! Minha mãe continua na sua luta diária, perdendo cada dia mais suas lembranças...Também tive alguns probleminhas de saúde mas tudo já está resolvido.
A vida continua e temos que tocá-la pra frente da melhor maneira possível! Uma das formas de deixar a vida mais suave é enfrentá-la com otimismo e agradecimento. Eu tenho conseguido, felizmente, me desligar um pouco desse turbilhão de notícias ruins e tenho me voltado cada vez mais para boas companhias, boas leituras, meditações e convívio saudável com minha família! Assim sendo, escolhi um texto ótimo que achei na net semana passada. É um texto que nos faz refletir sobre nossas escolhas... Eu escolhi ser feliz e ver sempre o lado positivo das coisas! E você vai escolher o que?
Gustavo Tanak é um autor/empreendedor que, junto com seus amigos, está criando um novo modelo, um novo sistema e quem sabe ajudar a criar uma nova economia.
Vamos ao texto:

"Há algo de grandioso acontecendo no mundo

Ainda não nos demos conta de algo extraordinário que está acontecendo.
Há alguns meses, me descolei da sociedade, me libertei das amarras e medos que me prendiam ao sistema. E desde então, passei a ver o mundo sob uma diferente perspectiva. A perspectiva de que tudo está se transformando e a maioria de nós sequer se deu conta disso.
Por que o mundo está se transformando? Nesse post vou listar os motivos que me levam a acreditar nisso.

1- Ninguém aguenta mais o modelo de emprego
Cada um está chegando no seu limite. Pessoas que trabalham em grandes corporações não aguentam mais seus empregos. A falta de propósito começa bater à porta de cada um como um grito de desespero do peito.
As pessoas querem sair. Querem largar tudo. Veja quantas pessoas tentando empreender, quantas pessoas tirando períodos sabáticos, quantas pessoas estão em depressão no trabalho, quantas pessoas em burnout.

2- O modelo do empreendedorismo também está mudando.
Há alguns anos, com a explosão das startups, milhares de empreendedores correram para suas garagens para criar suas ideias bilionárias. A glória dos empreendedores era conseguir um investidor. Grana do investidor na mão era praticamente a taça da copa do mundo.
Mas o que acontece quando você recebe um aporte de investidor?
Você volta a ser um funcionário. Você tem pessoas que não estão alinhadas com seu sonho, que não estão nem aí para seu propósito e tudo passa a girar em função do dinheiro. O retorno financeiro passa a ser o principal driver.
Muita gente está sofrendo com isso. Excelentes startups começaram a patinar porque o modelo de buscar dinheiro nunca tem fim.
É preciso uma nova forma de empreender. E tem muita gente boa já fazendo isso.

3- O surgimento da colaboração
Muita gente já se ligou que não faz sentido ir sozinho. Muita gente já acordou para essa loucura que é a mentalidade do “cada um por si”.
Pare e pense friamente. Não é um absurdo, nós que somos 7 bilhões de pessoas vivendo no mesmo planeta, nos separarmos tanto? Que sentido faz, você e as milhares (ou milhões) de pessoas que vivem na mesma cidade virarem as costas umas para as outras? Cada vez que começo e pensar nisso, fico até desanimado.
Mas felizmente as coisas estão mudando. Todos os movimentos de economia colaborativa estão apontando nessa direção. A direção da colaboração, do compartilhamento, da ajuda, de dar as mãos, da união.
E isso é lindo de se ver. Até emociona.

4- Estamos começando finalmente a entender o que é a internet
A internet é uma coisa incrivelmente espetacular e somente agora, depois de tantos anos, estamos conseguindo entender o seu poder. Com a internet, o mundo se abre, as barreiras caem, a separação acaba, a união começa, a colaboração explode, a ajuda surge.
Alguns povos fizeram revoluções com a internet, como a Primavera Árabe. Aqui no Brasil estamos começando a usar melhor essa ferramenta magnífica.
A internet está derrubando o controle de massa. Não tem mais televisão, não tem mais uns poucos jornais dando as notícias que querem que a gente leia. Cada um vai atrás daquilo que quer. Cada um se une com quem quiser. Cada um explora o que quiser explorar.
Com a internet, o pequeno passa a ter voz. O anônimo passa a ser conhecido. O mundo se une. E o sistema pode quebrar

5- A queda do consumismo desenfreado
Por muitos anos fomos manipulados, estimulados a consumir como loucos. A comprar tudo que era lançado, a ter o carro mais novo, o primeiro iphone, as melhores marcas, muita roupa, muito sapato, muito muito, muito tudo.
Mas as pessoas já começaram a sacar que isso tudo não faz sentido. Movimentos como o lowsumerism, slow life, slow food, começam a aparecer pra mostrar que nos organizamos da forma mais absurda possível.
Cada vez menos gente usando carro, cada vez menos pessoas comprando muito, cada vez mais gente trocando roupas, doando, comprando usado, dividindo bens, compartilhando carros, apartamentos, escritórios.
A gente não precisa de nada disso que falaram que a gente precisava.
E essa consciência quebra qualquer empresa que vive do consumo desenfreado.

6- Alimentação saudável e orgânica
A gente era tão louco que aceitou comer qualquer lixo. Era só ter um sabor gostoso na língua que beleza.
A gente era tão desconectado, que os caras começaram a colocar veneno na nossa comida e a gente não falou nada.
Mas aí um pessoal começou a acordar e começaram a dar força pro movimento de alimentação saudável, de consumo de orgânicos.
E isso vai ganhar força.
Mas o que que isso tem a ver com economia e trabalho? Tem tudo a ver!
A produção de alimentos é a base da nossa sociedade. A indústria alimentícia é uma das principais do mundo. Se a consciência muda, se nossa alimentação muda, a forma de consumo muda, e as grandes corporações precisam acompanhar essas mudanças.
O pequeno produtor está voltando a ter força. As pessoas começando a plantar sua própria comida também.
E isso muda toda a economia.

7- Despertar da espiritualidade
Quantos amigos você tem hoje que fazem yoga? E meditação?
Quantas pessoas faziam isso 10 anos atrás?
A espiritualidade por muitos anos era coisa do pessoal do esoterismo. Era coisa de gente esquisita do misticismo.
Mas felizmente isso está mudando. Chegamos no limite da nossa racionalidade. Pudemos perceber que só com a mente racional não conseguimos entender tudo que se passa aqui. Tem mais coisa acontecendo e eu sei que você quer entender.
Você quer entender como essas coisas que acontecem aqui funcionam. Como a vida opera, o que rola depois da morte, o que é essa parada de energia que tanto falam, que que é física quântica, como é que os pensamentos podem se materializar e criar nossa realidade, o que são as coincidências e sincronicidades, por que quem medita é mais tranquilo, como é possível curar com as mãos, e essas terapias alternativas que a medicina não aprova, mas funcionam?
Empresas promovendo meditação aos funcionários. Escolas ensinando meditação para crianças.

8- Movimentos de desescolarização
Quem criou esse modelo de ensino? Quem escolheu as matérias que você precisa estudar? Quem escolheu os temas que são estudados nas aulas de história? Por que não nos ensinaram sobre outras civilizações antigas?
Por que uma criança deve aprender a obedecer regras? Por que ela deve assistir a tudo em silêncio? Por que ela deve vestir uniforme?
Prestar uma prova para provar que você aprendeu?
Criamos um modelo que forma seguidores do sistema. Que prepara pessoas para serem seres humanos ordinários e medianos.
Mas felizmente também, tem muita gente trabalhando para mudar isso. Movimentos de desescolarização, hackschooling, homeschooling.
Talvez você nunca tenha pensado nisso e esteja em choque com o que estou colocando aqui.
Mas tudo isso está acontecendo.
Silenciosamente, as pessoas estão acordando, se dando conta da loucura que é viver nessa sociedade.
Olhe para todos esses movimentos e tente pensar que tudo está normal.
Eu acho que não está.
Há algo de muito extraordinário acontecendo no mundo."

Gustavo Tanaka,
https://medium.com


23 comentários:

Élys disse...

Vejo, também, tudo mudando e certamente para melhor. Vai passo a passo mas vai...
Bela página!
Um abraço, Élys.

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Gostei muito de tudo que você escreveu e espero que o mundo realmente mude.
Bjs e obrigada pela visita tão carinhosa.
Carmen Lúcia.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Minha amiga, lamento imenso os acontecimentos que aconteceu na sua
vida. Os meus pêsames pelo falecimento do seu familiar. Lamento
a doença da srª. sua mãe, que vai requerer de vós muita compreensão.
A nossa vida pessoal, está sempre acima, da virtual.
Bjs.
Irene Alves

A Casa Madeira disse...

A mudança muitas vezes não querendo ela
é necessária...
Gostei de ler...
janicce.

Vera Lúcia disse...


Olá Marineide,

O texto é bem abrangente. O Gustavo Tanaka pensou em tudo e mostra, através do texto, sua grande capacidade de observação e conhecimento em diversas áreas. Que bom que as pessoas estão acordando e se moldando a novos hábitos, mais saudáveis e impulsionadores de mudanças importantes no mundo.

Vejo que você está se adaptando bem à enfermidade de sua mãe. É preciso mesmo enfrentar as situações com coragem e otimismo, pois a vida não se adapta ao nosso ritmo. Nós é que temos que aprender a conviver com o que ela nos apresenta e procurar meios de superação. Olhar o lado bom da vida é um meio excelente de passar por este mundo com mais equilíbrio e entusiasmo.

Lamento pelo seu cunhado. Com certeza, ele está melhor agora, longe das dores e do sofrimento provocado pela doença.

Ótimos dias.

Beijo.

Lourisvaldo Santana disse...

OI, Marineide!

Primeiro, não posso deixar se lamentar as suas tribulações pessoais. Por mais que queiramos viver positivamente, isso sempre nos derrubam um pouco.

O texto que escolheu é muito bom; chegam de interindividualismo, egoísmo, e de tantos "ismos" que tem por aí.

Abraços!

Clau disse...

Olá Marineide, bom dia!
Eu também procuro olhar
o lado positvo,
é mais saudável para corpo e mente!
São interessantes as colocações de Gustavo
Tanaka. Sempre há 'algo de grandioso
acontecendo no mundo', basta prestarmos atenção
e tirarmos proveito disso.
Beijos!

Ana Freire disse...

Também eu mais presente na blogosfera, por estes dias... depois de algumas semanas, num local, com a net um pouco problemática, que me dificultava o acesso a alguns blogs...
Esperando que já se encontre de saúde, Marineide... e lamentando pelo seu cunhado e problemas de saúde, com sua mãe. A minha com problemas cardíacos, de vez em quando, também me prega uns sustos...
Adorei por demais o texto escolhido... com uma vastidão de temas bem pertinentes...
A necessidade de haver mais colaboração e cooperação nas sociedades, a escravidão financeira imposta pelo consumismo desenfreado, a necessidade de sermos pessoas fortes e saudáveis, para termos uma mente saudável, para descodificarmos e desmontarmos as regras a seguir, que por norma não se tem o hábito de questionar... e o papel importante da meditação, para interiorização de todas estas mudanças, que estão acontecendo...
Uma partilha extraordinária, que adorei, e agradeço!
Beijinho
Ana

Kaah Locatelli disse...

Oie tudo bom?
Lamento pelos seus ultimos acontecimentos, sei que desse ser dificil.
E concordo com você de largar de coisas que te aprisiona, e melhor para nossa alma e espirito. =D
beijinhos

http://acidadeliteraria.blogspot.com.br/

Sinval Santos da Silveira disse...

oI, Marineide !
Que bela fonte de leitura, organizada
e escrita com muita dedicação.
Coisas tristes, à parte. Parabéns e
um fraterno abraço.
Sinval.

MARILENE disse...

Optar por ver o lado belo da vida, cercando-se do que faz bem, é ato de sabedoria. Que sempre consiga conviver bem com a difícil situação de sua mãe. O amor pede paciência e aceitação.
O texto é bem otimista. Talvez um dia o possamos ler acreditando que as boas transformações já se operaram, realmente (rss). Bjs.

Tetê disse...

Muito bom o texto e apesar de extenso a leitura é agradável! Meus sentimentos pelo parente falecido, mas se estava sofrendo, descansou e, com certeza, não sente mais dor! A vida deve ser um constante renovar: cada dia é um renascimento e oportunidade de ser feliz! Bjks Tetê

Zilani Célia disse...

OI MARINEIDE!
QUE AS MUDANÇAS ESTÃO AI, TODOS AS VEMOS QUE SEJAM PARA MELHOR É O QUE QUEREMOS.
UM BOM POST.
ABRÇS
-http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Arroz Di Leite disse...

A dedicação, o amor, a paciência estes fazem um ser humano verdadeiro.

bjs

Tânia Camargo

Graça Pires disse...

Li o texto com muita atenção, amiga. E acho que até me sinto mais confiante no mundo que nos rodeia.
Um beijo e coragem para aguentar a vida.

Tais Luso disse...

Marineide, seu cunhado descansou, conviver com dor, amiga, é desumano. Pra sua mãe desejo muito amor e dedicação nessa hora, precisamos dar o retorno. Quanto ao seu texto, estamos intoxicados de tantas notícias ruins, doenças, corrupção, saúde vai mal, segurança péssima... Realmente tá tudo aí. Precisamos criar uma vidinha à parte para conseguirmos respirar mais vida, mais alegria.
O texto de Tamaka, excelente, pensou em tudo.
Beijo grande, paz e alegria, amiga!

Berço do Mundo disse...

Eu também escolhi ser feliz e acho que isso se nota nos relatos de viagem que faço. Somos nós que transportamos grande parte da beleza nos nossos olhos e no nosso coração.
Parabéns pela escolha. E que as notícias melhorem daqui para a frente.
Beijinhos, um doce fim-de-semana
Ruthia d'O Berço do Mundo

Jaime Portela disse...

Tudo muda, na verdade.
E muitas vezes nem damos conta disso.
Gostei do seu post, como sempre.
Marineide, minha querida amiga, tenha um bom domingo e uma boa semana.
Um abraço.

Jaime Portela disse...

Tudo muda, na verdade.
E muitas vezes nem damos conta disso.
Gostei do seu post, como sempre.
Marineide, minha querida amiga, tenha um bom domingo e uma boa semana.
Um abraço.

Unknown disse...

Impossível fugir à mudança, mas com coragem e persistência a gente enfrenta, precisa enfrentar. Abraços, amiga!

Maria Rodrigues disse...

Que as mudanças sejam sempre para melhor.
Lamento muito a morte do seu cunhado.
Um grande beijinho
Maria

Pedro Luso disse...

A liberdade pode dar-nos essa forma de realização pessoal e também profissional.
Um bom domingo.
Abraços.

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, seria maravilhoso que o mundo mudasse para melhor, assim, as populações de alguns países de África tivesse que comer, outros não seriam vitimas da guerra, os povos podiam viver felizes, nada disto vai ser possível, enquanto o mundo for dominado por 1% da população mundial.
AG

Related Posts with Thumbnails

RECOMENDO COM LOUVOR