Seguidores

sexta-feira, 25 de julho de 2014

MALDIÇÃO, BENÇÃOS E CONSCIENTIZAÇÃO!

Olá gente linda do meu core!
Recebi um texto muito interessante e resolvi postar aqui para uma reflexão.
O texto fala sobre abençoar as pessoas e as vantagens que este gesto pode nos trazer.
Aproveito a oportunidade para contar uma passagem da minha vida nada glamourosa mas que me trouxe uma lição pra toda vida:
Como todos já devem saber, fui casada com um grego. Casei-me aqui no Brasil já que ele vivia aqui. A mãe dele, minha sogra morava em Athenas e, logo que nos casamos ela veio ao Brasil nos fazer uma visita. Mesmo tendo dois filhos que eram nossos vizinhos em São Paulo, ela ficou hospedada na minha casa. Não foi uma boa experiência, pois, a mãe grega é pior que a italiana. Muito ciumenta e gosta de pensar que ela controla tudo. Ela tomou conta da minha casa, da minha vida e do meu marido e eu, pra não fazer o papel de nora megera, engolia tudo... Um dia ela foi embora e deixou um saldo negativo em nossas vidas. Brigávamos por qualquer coisa e eu passei a desejar que ela nunca mais voltasse. 
Cinco anos depois eu soube que ela estaria se preparando para voltar ao Brasil... Fiquei com tanto medo que joguei uma praga nela, desejando que alguma coisa a impedisse de vir nos visitar! Bingo!!! Dias depois fomos informados de que ela havia caido e quebrado as duas mãos... Vocês não imaginam o quanto fiquei mal!!! Me arrependi profundamente da maldição e prometi daquele dia em diante jamais amaldiçoar quem quer que fosse. Percebi que, já que eu tinha forças para amaldiçoar, eu teria para abençoar e nada mais!!!
Cultivei o hábito de orar pelas pessoas necessitadas, e é isto que me faz sentir bem! A força do mal pode ter poder mas ela te leva ao caos... Devemos abençoar sempre, principalmente as pessoas mais difíceis, pois, elas precisam mais que as outras.

Vamos ao texto:

“Melhor que uma pessoa te diga ‘Deus te abençoe’ a ser amaldiçoado uma só vez na vida. Quando alguém te abençoa com toda a alma, derruba mil pragas a sua volta. A força de uma bênção sincera neutraliza o mal de muitos. Não precisa ser devoto de nada, porque abençoar é desejar o melhor para o outro.
Agora, para ser abençoado é preciso abençoar com toda sinceridade. Siga pela vida abençoando, assim as pessoas serão mais felizes e nunca saberão que sua bênção operou milagres na vida delas.
Ao fim, a sua consciência mergulhará na leveza indescritível da paz, porque abençoar é um dos dez caminhos para o Inefável que habita em ti, e pode ao teu querer, refletir-se no outro. É gratuito, não requer prática, tempo ou habilidade, somente amor, compaixão e boa-vontade. 
Seja você abençoado, protegido e amado com bênçãos multiplicadas, hoje, e todos os dias da tua vida.” –
 Nilsa Alarcon.
Uma chuva de bençãos a todos vocês!

 photo 36bef642.gif

5 comentários:

MARILENE disse...

Desejar o bem é uma força de abençoar, pois se manda boas energias para o outro.
Algumas pessoas não são queridas em nossas casas (rss), pois prejudicam a harmonia. Bjs.

Eduardo Maria Nunes disse...

Abençoar sim, maldições não,
há de tudo nesta vida
no outro mundo diferentes serão
haja saúde, paz, amor e alegria!

Bom fim de semana, um abraço.
Eduardo.

Zilani Célia disse...

OI MARINEIDE!
EU ACREDITO NA LEI DO RETORNO, ACHO QUE O QUE DESEJAMOS AO OUTRO, RECEBEMOS DE VOLTA E MUITAS VEZES COM MUITO MAIS INTENSIDADE.
PORTANTO, DESENVOLVER UM OLHAR CARINHOSO PARA QUEM NOS CERCA, É O PRIMEIRO PASSO.
TOMASTE UM SUSTO, POIS NÃO CONHECIAS O PODER DE TUAS PALAVRAS NÉ AMIGA?
MUITO BOM TEU POST.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Flavia disse...

tenho feito isso todos os dias e tenho me sentido muito mais leve!
isso é muito poderoso!
Flavia
www.secret4beauty.blogspot.com
www.adoteumfocinhocarente.blogspot.com
loja virtual: www.adote.iluria.com

Beatriz Bragança disse...

Querida Marineide
Nem consigo imaginar como é que se sentiu! Mas saiba que,o facto de a senhora sua sogra ter caído,pode não ter tido nada a ver com a praga que lhe rogou.
Porém ,melhor mesmo é abençoar.
Quando eu era pequena e visitava os familiares maternos,sempre nos despedíamos,a minha mãe e eu a pedirmos a bênção.É uma pena que este hábito se tenha perdido! Agora,quando estou com as minhas netas e filha,digo-lhes o mesmo, do fundo do meu coração.
Obrigada por ter partilhado o texto de Nilsa Alarcon.
Um beijinho
Beatriz

Related Posts with Thumbnails

RECOMENDO COM LOUVOR