Seguidores

sábado, 12 de maio de 2012

À MINHA MÃE



Mãe,
Estive pensando em você. Há muito tempo que venho acumulando dívidas com você e é mais do que tempo de resgatá-las. 
Devo-lhe por muitas noites mal dormidas, quando eu estava em terras distantes, ou mesmo na minha juventude quando morava em outra cidade.
É imensa minha dívida para com você pelo seu trabalho de construção. Você não sabia que foi arquiteta e construtora, sabia? Você trabalhou muito para arquitetar nossas vidas  e construir nossas esperanças. Você se esgotou, cimentando a base da família com a argamassa do amor, da dedicação e da fidelidade. Você nos construiu uma fortaleza de segurança, confiabilidade, e praticamente todas as qualidades de que precisamos na vida para conviver de forma sadia e significativa com o próximo. Ainda tem minha dívida pelos seus serviços de dedicação acolhendo a minha filha, no momento em que mais precisei. 
Seu amor e perseverança foram fundamentais em minha vida. Não sei o que teria sido de mim sem a sua ajuda.
Eu sei que o pagamento dessa dívida está atrasado demais. O meu endividamento com você é imenso. Mas conhecendo seu amor e doação, sei que você colocaria um carimbo na fatura com a palavra “paga”, em troca de um beijo e de mais quatro palavras que também não tem preço: Mãe, eu amo você!


Um grande abraço a todas
as mães do mundo!!!


Photobucket

8 comentários:

Rose disse...

Comovente o carinho com sua mãe, mas você sabe que nós, mães, jamais pensamos em retribuição, tudo o que fazemos pelos filhos é incondicionalmente movido pelo amor.

La Gata Coqueta disse...



Es una motivación pasar a saludarte aunque no nos conozcamos, solamente se conocen los textos de nuestros sentimientos.

Esto nos une día a día sin tener en cuenta el tiempo ni la distancia que hoy nos separan, sin causarnos alejamiento. Siendo una inmensa emoción saber que tú estas ahí y que escuchas el susurro de las palabras haciendo más bello y poético el aliento de nuestra amistad.

Un beso siendo un suspiro

Y un abrazo siendo un zafiro

De mí para ti

María del Carmen


Vivian disse...

Olá,Marineide!!!

Linda homenagem para sua mãe!Belíssimo texto!
Beijos querida!Boa semana!
*Recebi uma visita da:Rosana Nonato, ela disse que é sua amiga,mas não consegui retribuir pois não aparece um link no perfil...sabes me dizer o endereço?Obrigada!

ValériaC disse...

Muito linda sua homenagem a sua mãezinha...espero que tenha sido lindo o seu dia das mães, beijinhos e boa semana amiga,
Valéria

SONINHA disse...

Deixando uma beijoca especial, mamãe linda!!!!

ValeriaC disse...

Oi minha querida, assim como a Vivian te perguntou, sabes me dizer o link do Blog da Rosana Nonato? Ela entrou como seguidora do meu DA, mas ainda não retribui por não constar em seu perfil. Desde já, grata, bjos
Valéria

Bruna Longobucco disse...

Que linda mensagem, Marineide.
Mãe é mãe... sempre.
Cada vez que passo aqui o blog está mais bonito.
Muita luz sempre!

Tais Luso disse...

Nossa! Esse texto não deveria ser especialmente para o Dia das Mães, mas sempre. Nele está inserido o carinho, a gratidão e o reconhecimento. É isso que falta no mundo.

Beijos a você e parabéns por este texto tão verdadeiro.
Li o de cima, também!

Related Posts with Thumbnails

RECOMENDO COM LOUVOR