Seguidores

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

TA DOENDO...


Olá minha gente querida!
Não tive muita vontade de postar esta semana porque meu coração está doendo um bocado...
Por mais que eu saiba que a vida passa e o tempo não perdoa... Que a idade acaba sendo cruel e trás com ela algumas consequências desagradáveis, só nos damos conta disto tudo quando chega a hora da verdade. 
Minha mãe está com 83 anos e já faz uns dois anos que vem apresentando um quadro de senilidade que, segundo alguns médicos, é próprio da idade. Mas eu sei que não é verdade. Conheço pessoas muito mais idosas e com a memória excelente. Minha mãe começou perdendo a memória curta. Não se lembrava de absolutamente nada do que dizíamos, de notícias recentes, de recados recebidos no telefone, etc. Depois começou a esquecer de colocar tempero na comida, as vezes deixava queimar e outras não cozinha direito. Após alguns tombos ela ficou impossibilitada de fazer os serviços domésticos e minha irmã, que mora ao lado passou a cozinhar e contratamos uma faxineira. Porém, de um tempo para cá ela está ficando completamente confusa. Não tem noção do que vai fazer, faz coisas desconexas e não tem a mínima ideia de que ano nos estamos nem o mês.
Agora está fazendo uma série de exames neurológicos para ver que tipo de medicamentos pode tomar, etc.
Tudo isto é muito triste porque ela sempre foi uma mulher super dinâmica. Até os 81 anos estava tudo correndo bem e, como num passe de mágica tudo começou a desabar. Justo ela que nunca fumou, nunca bebeu, nunca tomou café, sempre se alimentou bem, sempre comeu muita verdura, legumes, frutas e caminhava durante horas todos os dias!!!

Desculpem meu desabafo, mas estou precisando botar pra fora um pouco dessa angústia!
Vou precisar de muita força para ajudar minha irmã a cuidar dela. É mais uma etapa que teremos que enfrentar! Mas estou certa de que venceremos!

Um excelente fim de semana! 

8 comentários:

MARILENE disse...

Sei o que é isso. Aconteceu com meu pai. E ele era bem mais jovem quando veio o diagnóstico de uma esclerose precoce. Foram anos de muita luta e preocupação. Minha mãe está com 85 anos. É lúcida, graças a Deus. Mas também requer cuidados porque já sofreu algumas quedas e consequentes hospitalizações. E não fica sozinha, tem medo. Confiamos sempre em Deus e tentamos fazer a nossa parte. Que Ele a ajude! Bjs.

Doña Nieves disse...

Hola amiga....
Realmente la vida pasa en un piscar de olho... sinto muitos pelo que esta pasando, sé que não é Fácil...
Tenha Fé en Dios o en tudo que vc acredita que tudo as pesar que vei acontecendo vai melhorar...
Fica con Dios, que ele te ilumine nesta Hora....

Toninhobira disse...

Pois é amiga,o tempo é impiedoso com a gente.Nas minhas inspirações sempre referencio a minha mãe(94)pois ela como outras mães é a figura mais proxima e os os conselhos sempre partem delas.Pois bem ja tem uns 2 anos que ela já não consegue lembrar os nomes dos filhos,nem quem ela é.É triste sim e doído,mas devemos entender o peso do tempo e cobrir de cuidados e carinhos.Cada caso tem um diagnostico e vou orar para que voces tenham fé e que se Deus quiser, possa reverter esta perda da memoria.
Somos uma familia nesta blogosfera,portanto sentimos liberdade de tambem falar de nossas angustias.
Fique na paz e que Deus cuide bem de voce e mamãe.
Meu carinhoso abraço de paz e luz.
Bjo.

Anne Lieri disse...

Querida Mari,estou na mesma situação com meu pai de 80 anos e teve uma vida regrada como sua mãe e sei bem o que está passando.Hoje mesmo tive que correr atrás de alguns remédios dele,pois não pode ficar sem e já não sabe o dia e ano em que estamos tb!É triste demais,eu entendo e estimo as melhoras de sua mãe!bjs,

ELAINE disse...

Mari querida! Desabafe sempre que precisar e saiba que não está sozinha! Deus nunca nos abandona em nossas batalhas! A minha mãe tem 86 anos e agora está começando a ficar confusa, não lembra e fica braba, chora muito.... E eu sou filha única.... Desculpe a demora em aparecer....
Não tenho conseguido visitar a todos como gostaria.....
Demora, mas eu venho!....
Um abençoado e feliz fim de semana!
Abraço fraterno e carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

ONG ALERTA disse...

Muita paz que tudo vai se organizar grand beijo Lisette.

ONG ALERTA disse...

Muita paz que tudo vai se organizar grand beijo Lisette.

Vera Lúcia disse...


Olá querida,

As forças virão, com certeza. Conforme a Marilene já falou, meu pai passou por este quadro muito cedo e foi agravado por uma queda na qual fraturou o fêmur. Apesar das fisioterapias, fui aconselhada pelo próprio fisioterapeuta a desistir do tratamento , pois o meu pai não teria mais condições de "reaprender" a andar.
Foi duro lidar com a situação. No início a gente fica meio perdida, mas depois as coisas seguem o rumo que precisam seguir. Só precisamos manter a paciência, a resignação e a coragem.
Fé! A gente faz o que pode, o resto é com Deus.
Fique bem!

Beijo.

PS: Parece-me que hoje em dia há tratamentos que impedem a progressão da doença. Informe-se com o neurologista. Bjs.

Related Posts with Thumbnails

RECOMENDO COM LOUVOR