Seguidores

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

IMPACTO DA MUDANÇA CLIMÁTICA NAS AVES...



Pesquisa vai verificar impacto da mudança do clima nas aves do Brasil
Aumento do nível do mar afetaria reprodução de pássaros estuarinos.
Estudo será realizado na baía de Guaratuba, no litoral do Paraná.
Eduardo Carvalho
Do Globo Natureza, em São Paulo

Mudança do clima encolhe espécies marinhas e terrestres, diz estudo
Recursos naturais podem ter colapso em 40 anos, dizem especialistas
Caso a previsão de aumento do nível do mar em decorrência da mudança climática se confirmar, conforme o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês), a população de aves que vivem nas regiões úmidas da costa do Brasil, principalmente as áreas de estuário, pode ser afetada, ocasionando, inclusive, a extinção de espécies.
Um estudo realizado por pesquisadores do Paraná vai tentar identificar qual será o impacto desta transformação global no cotidiano de pássaros como o bate-bico (Phleocryptes melanopis) e a saracura (Pardirallus nigricans), que vivem em vegetações herbáceas de regiões estuarinas, ambiente de transição da água doce para a água salgada.
A análise será feita na Área de Proteção Ambiental de Guaratuba, no município de mesmo nome, e no entorno da Lagoa do Parado. Segundo Bianca Reinec, doutora em Biologia e integrante do projeto “Vulnerabilidade de aves estuarinas à mudança climática”, que recebeu financiamento da Fundação Boticário, essas e outras aves que vivem nesses locais úmidos costumam fazer ninhos na vegetação.


“Um pequeno aumento que seja do nível da água pode afetar a reprodução desses animais. Outro exemplo também previsto para a mudança do clima é o aumento da incidência de vendavais e tempestades que deverão atingir esses ambientes, destruindo ninhos e ovos”, disse a pesquisadora.
Proteja a fauna e a flora do Brasil no novo game do Globo Natureza: Missão Bioma

Vista da baía de Guaratuba (à esquerda), local de estuário que será pesquisado. À direita fotos das aves bate-bico (acima) e saracura (abaixo), que podem ter a população afetada devido à mudança do clima (Foto: Divulgação/Ricardo Belmonte Lopes)
Evitar a extinção de espécies
Bianca afirma que o bicudinho-do-brejo (Stymphalornis acutirostris), ave endêmica do litoral do Paraná e de Santa Catarina, já foi afetado pelas alterações das marés, segundo especialistas. “A espécie foi descrita em 1995 e desde então houve diversas modificações no seu habitat devido às transformações do ambiente”, explica a bióloga.
Um dos principais objetivos do estudo, que vai começar neste fim de semana, será um censo para identificar quantas espécies de pássaros vivem nestes locais, além de conhecer também quais e quantas são as aves migratórias que dependem deste ambiente para alimentação e reprodução.
“A partir destes dados, vamos planejar formas de realizar futuramente o manejo de animais para outras localidades, etapa considerada a adaptação da mudança do clima. Não podemos evitar essas transformações, mas podemos trabalhar para criar ambientes artificiais para que as espécies continuem existindo”, disse Bianca.
Impacto do homem
Também com o objetivo de avaliar o impacto da mudança do clima no litoral paranaense e a interferência do homem neste ambiente, outro estudo vai analisar uma região de 612 km², nas proximidades do porto de Paranaguá, com o intuito de coletar dados sobre a biodiversidade marinha e as transformações que ocorrem nos sedimentos costeiros.
Coordenado por Marcelo Lamour, geólogo e coordenador do projeto BioMar, a ideia é definir áreas que necessitam ser preservadas pelo estado. "Com a passagem constante de grandes navios para o porto de Paranaguá, existe o processo de drenagem (retirada de sedimentos do fundo do mar para aumentar a profundidade oceânica e permitir a passagem de embarcações) que afeta a vida marinha. Queremos avaliar este impacto e verificar o que pode ser modificado nestas ações", complementou Lamour.

http://g1.globo.com/natureza/noticia/2011/10/pesquisa-vai-verificar-impacto-da-mudanca-do-clima-nas-aves-do-brasil.html




Photobucket

3 comentários:

Mery disse...

Oi, boa tarde.
Li com atenção, é muito importante esse esclarecimento sobre a extinção de espécies de *aves*... Quanta vulnerabilidade!
... ô mundo, e o clima, não temos como controlar(?) , nem podemos, é a "natureza, não é mesmo?
Cuidar, preservar...sim, o "possível que podemos, temos que tentar...
ótimo esclarecimento.Obrigada!
Abraços da Mery*, te sigo.

Maggie May disse...

as pessoas não se importam nem com os semelhantes que diria com os animais!

ValériaC disse...

Oi minha querida...espero que esta pesquisa, ajude a minimizar o impacto à natureza como um todo, a diminuir o risco de extinção de tão lindas espécies.
Bom final de semana....beijos
Valéria

Related Posts with Thumbnails

RECOMENDO COM LOUVOR